notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/11/2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    23 de outubro

    Vídeo produzido pela Prefeitura na alteração da data traz documentos históricos

    Gravataí completa 137 de emancipação; entenda a nova data

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 13/10/2017 às 16h20| Atualizada em 25/10/2017 às 15h17

    Nesta segunda Gravataí completa 137 anos de emancipação política e administrativa. Por um decreto assinado pelo prefeito Marco Alba (PMDB) em 2016, o 23 de outubro passou a ser, oficialmente, a data do aniversário de Gravataí, com a fundação do município documentada em 1880 e não mais 1763, um hiato histórico de 117 anos. 

     

    Do historiador

     

    Mas o prefeito não assinou um documento alterando o dia, mês e ano de fundação de Gravataí, por um desejo meramente pessoal, sem fundamentação técnica e sem que houvesse um dedicado estudo a respeito do assunto.

    E esta pesquisa foi, justamente, realizada por um servidor municipal aposentado, o historiador Getúlio Xavier Osório que mergulhou nos documentos disponíveis ao longo de aproximadamente três décadas, trabalho concluído no começo do ano passado.

    Segundo o historiador realmente existe um documento dizendo que em 8 de abril o capitão Pinto Carneiro aportou pela aldeia com aqueles que dariam início ao povoamento de Gravataí.

    Getúlio Xavier Osório alerta, entretanto, que nem mesmo esta data é confiável por falta de comprovação documental.

    --- O que houve durante muito tempo foi a interpretação equivocada de um destes documentos, pois há registros de ocupação e batizados indígenas na área de Gravataí datados de 1760 --- disse ele em uma palestra realizada na abertura das comemorações do ano passado, em outubro, no Museu Agostinho Martha.

     

    A monarquia

     

    Pela pesquisa do historiador, a emancipação política e administrativa de Gravataí aconteceu em 23 de outubro de 1880. Antes, em 11 de junho, foi redigida a oficialização da criação de Gravataí na forma de documento, desmembrando-se do território de Porto Alegre.

    Naquela época prevalecia o regime político da Monarquia Parlamentar, em que o presidente da Câmara era quem governava.

    --- A Câmara de Vereadores de Gravataí foi constituída de forma oficial com a posse do presidente e do corpo legislativo, circunstância que oficializou a emancipação política e administrativa de Gravataí, em 23 de outubro de 1880 --- garantiu o historiador, na palestra.

     

    Vídeo da Prefeitura produzido em 2016 explicando a mudança de data de aniversário de Gravataí.

     

     

    Pinto Carneiro

     

    A hoje secretária municipal da Cultura, Esporte e Lazer, ex diretora-presidente da Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc), Fernanda Batista Fraga, em abril passado reforçou, para o Seguinte:, a tese do historiador e cita documentos – estes, oficiais – que comprovam que o aniversário de criação de Gravataí é 23 de outubro, com a instalação da Câmara e posse de seus componentes.

    Quanto ao 8 de abril, ela defende que não existe nada que comprove a exatidão da data nem mesmo que se trata de um documento realmente escrito pelo capitão Pinto Carneiro, responsável por trazer os primeiros índios Guaranis para iniciar o povoamento da aldeia.

    Fernanda argumenta que as datas são as mesmas. O dia 8 de abril, apenas com o documento sem comprovação oficial do capitão Pinto Carneiro de início do povoamento, e o 23 de outubro, este sim, registrado, por exemplo, nos anais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, como de criação do município.

    --- Não se trata de desconstituir a história, mas ressaltar e marcar a data real do aniversário de Gravataí que foi quando se deu a instalação da Câmara. Apenas isso --- concluiu a secretária.

     

    Reprodução do documento da Assembleia Legislativa disponível no Museu Municipal Agostinho Martha 

     

     

    --- O QUE ACONTECEU NO ANO PASSADO É QUE O PREFEITO MARCO ALBA DECIDIU COMEMORAR A DATA DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA, EM OUTUBRO, RESTABELECENDO A VERDADE DOS FATOS COMPROVADAMENTE HISTÓRICOS.

    Fernanda Fraga – Secretária Municipal de Cultura, Esporte e Lazer

     

    • minuto seguinte
      Servidores no TJ por anulação de sessão das cadeiradas
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • grêmio na final da liberdadores
      Só os torcedores entendem
      por Herculano Barreto Filho
    • rio gravataí
      Arrozeiros perderão licenças no Rio Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Carrinho Agas reflete novo consumo
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • festil
      A Fernanda te convida para ir ao teatro
      por Redação
    • a duplicação
      Agora é a Centenário, depois a Adolfo e as pontes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • rio gravataí
      A medida da sujeira e do veneno na água que bebemos
      por Rafael Martinelli
    • morte da bailarina
      Mãe de Alaíde chora e espera por justiça
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.