>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 12/12/2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    a duplicação

    Secretário Paulo Martins (direita) explicou ao prefeito Marco Alba que nesta semana acontecem o levantamento topográfico e a marcação do terreno para que as máquinas comecem a trabalhar na semana que vem.

    COM VÍDEO | Agora é a avenida Centenário, depois a Adolfo e as pontes do Parque

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 21/11/2017 às 18h| Atualizada em 27/11/2017 às 18h15

    A partir desta terça-feira (21/11) a empresa Pedraccon Mineração e Pavimentação tem o prazo de cinco meses para entregar à comunidade a duplicação da avenida Centenário, desde o trevo da avenida com a RS-118 até a frente do Ginásio Aldeião. As obras não incluem mudanças no trevo com a Adolfo Inácio Barcelos nesta etapa, e nem a duplicação das pontes do Parque dos Anjos.

    Para deixar o trecho de dois quilômetros com quatro pistas – duas em casa sentido, cada uma com 3,5 metros de largura, mais um canteiro central de um metro, num total de 15 metros de largura segundo o secretário substituto de Obras Eduardo Müller – sem acostamento, a prefeitura de Gravataí vai investir cerca de R$ 1,3 milhão.

    O dinheiro é dos cofres do município, uma contrapartida do empréstimo a ser tomado junto à Confederação Andina de Financiamento (CAF) - cerca de 100 milhões que dependem apenas do andamento do processo em Brasília, travado por questões relacionadas apenas a burocracia pública.

     

    Assinatura

     

    A assinatura da ordem de início dos trabalhos para a duplicação da Centenário ocorreu na manhã de hoje ao lado do Aldeião, sob uma tenda branca montada ao lado da via e com a presença de secretários, vereadores, e algumas representações da comunidade e da empreiteira que ganhou a licitação.

    De acordo com o diretor-comercial da empreiteira Pedra, Adriano Canal, hoje à tarde deveria começar o levantamento topográfico e a marcação do terreno com acionamento das máquinas a partir da semana que vem. Canal não deu detalhes técnico sobre como a obra vai ser realizada.

     

    Congestionamentos

     

    Para fazer frente ao já conturbado trânsito da avenida, com congestionamentos diários nos horários de pico, o diretor da Pedra disse que os trabalhos enfrentarão restrições de horário e que a obra será realizada por etapas, com os atuais acostamentos sendo empregados para desafogar o fluxo de veículos.

    --- O prazo contratual firmado é de cinco meses, mas se tudo der certo acho que conseguimos entregar em quatro meses. Quanto antes, melhor, para reduzir os transtornos aos usuários --- disse Adriano canal.

     

    LEIA TAMBÉM

    MINUTO SEGUINTE | Pontes do Parque só a partir do ano que vem

     

    Primeira etapa

     

    A duplicação da avenida Centenário, de acordo com o prefeito Marco Alba (PMDB), é a primeira etapa de um processo que deverá mudar para melhor a realidade da região. A segunda compreende a revitalização da Adolfo Inácio, até por conta do mega condomínio Seminário que está em implantação.

    Já a terceira etapa, mais importante, é a duplicação das pontes do Parque dos Anjos, como são chamadas as duas pontes sobre o arroio do Passo dos Ferreiros, segundo Marco Alba a obra mais importante desde 1966 – há 51 anos – quando uma enxurrada carregou as pontes que haviam no local e as atuais foram construídas.

    O chefe do Executivo destacou que a duplicação da Centenário é um investimento feito com dinheiro próprio, um esforço da sua administração já que no primeiro governo tratou de equacionar pendências financeiras herdadas.

    --- Fizemos muito poucas obras com recursos próprios exatamente pela dificuldade de caixa. Ainda há muitos compromissos a serem cumpridos. Colocamos as contas em dia mas ainda há muitas contas para serem pagas --- disse o prefeito.

     

    As etapas

     

    1

    A duplicação da avenida Centenário está começando com prazo de entrega ao tráfego de veículos em abril do próximo ano.

     

    2

    Revitalização da rua Adolfo Inácio Barcelos com alargamento da via e novos acessos ao condomínio Cyrela Landscape Seminário, obra que deve ser implementada no começo do ano que vem.

     

    3

    Duplicação das pontes do Parque: processo em andamento em Brasília aguardando a assinatura do financiamento do CAF. Após, execução do projeto executivo para lançamento do edital visando a contratação da empresa construtora, o que o prefeito Alba acredita que deve acontecer até março de 2018. Se não houer contratempos, ele espera entregar a duplicação das travessias até o final de 2018.

     

    O QUE ELES DISSERAM

     

    Secretário Paulão Martins, das Obras Públicas:

    --- É um projeto do governo Marco Alba de melhorar o sistema viário do município, tanto que já realizamos obras importantes e que estavam paradas como na Jorge Amado, avenida Brasil e na Itacolomi. Esta aqui, da Centenário, é uma obra que atende não só a comunidade do Parque dos Anjos, mas é muito importante para a economia de Gravataí e de toda a região.

     

    Deputado federal Jones Martins (PMDB)

    --- Momentos como este são de celebração, pois esta obra vai fazer a diferença na vida das pessoas  e alavancar o empreendedorismo. Isto é resultado de um planejamento e uma gestão bem executada, com seriedade e transparência, do prefeito Marco Alba. O nosso governo, o governo do prefeito Marco Alba, tem liderado um processo de reconstrução da cidade entregando serviços e melhorias para toda a população, o que deve ser um exemplo para o Rio Grande do Sul e até para o Brasil.

     

    Municipalização

     

    Em seu discurso no ato de assinatura da ordem para duplicação da avenida Centenário, o prefeito Marco Alba revelou que foi protocolado ontem (20/11) na Asssembléia Legislativa o projeto de municipalização daquela artéria, entre a RS-118 e até a frente da fábrica da Pirelli.

    A providência é necessária para que a Prefeitura possa realizar benfeitorias, como a duplicação autorizada, mudanças na rótula do Aldeião e duplicação das pontes, por exemplo, sem depender da aprovação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), o que exige a elaboração e análise de projetos na autarquia, processos que demandam um tempo muito grande, na avaliação do chefe do Executivo.

     

    Assista no vídeo abaixo a reportagem do Seguinte: sobre a autorização para início da duplicação da avenida Centenário.

     

     

     

    • coluna do silvestre
      Chineses botam os pés na aldeia com nova fábrica
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • lance de craque
      Colorados trazem o ídolo DAlessandro à Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • coluna do martinelli
      10 efeitos da nova filiação do Dr Levi
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Prefeitura quer o fim das raves em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Algo para conter massacre de jacarés no Rio Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • inclusão
      Cega luta para reativar a associação
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Até oposição parabeniza Jones por seus votos
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como o bilhão da GM tem seduzido investidores
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • câmara
      OPINIÃO | Sem pizza na CPI do Ipag, por favor
      por Rafael Martinelli
    • pps
      O partido que abriu as portas para Anabel e Dilamar
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.