notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/06/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    codes

    Prefeito Marco Alba avaliou o ano do Codes como muito positivo e anunciou retomada dos trabalhos em fevereiro do ano que vem

    COM VÍDEO | Como fechou o Conselhão de Marco Alba

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 06/12/2017 às 18h48| Atualizada em 11/12/2017 às 14h20

    Foi na manhã de hoje e terminou com o almoço no refeitório da empresa Dana, a última reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes) de Gravataí. Sem grandes novidades e já em clima de final de ano. Os membros do conselho ouviram falas acerca da situação, o que foi feito e o que está por acontecer em áreas como a Educação, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana.

    O encontro foi capitaneado pelo prefeito Marco Alba (PMDB) que complementou informações e fez comentários após as explanações dos secretários Sônia Oliveira (Educação), Luana Krumberg (Desenvolvimento Econômico e Turismo) e Alison Silva (Mobilidade Urbana).

    Na área educacional a secretária Sônia deu ênfase ao Ensino Infantil e à construção dos novos prédios para as Emeis, obras que haviam sido abandonadas pela construtora contratada e que foram retomadas pela prefeitura.

    De um total de 14 novas Emeis contratadas ainda em 2014, quatro estão em fase de execução com a tecnologia da empreiteira – exigência do Fundo nacional de Educação quando anunciou os convênios para construção de Emeis em todo o Brasil - e cinco estão sendo construídas pelo sistema convencional.

    Um investimento que beira R$ 16,5 milhões, já incluída neste montante a contrapartida do município.

     

    Empresas

     

    Já a secretária de Desenvolvimento Econômico, Luana Krumberg, no cargo desde junho do ano passado, explicou o funcionamento da pasta, como se dá o licenciamento para investidores iniciarem um negócio e, principalmente, falou sobre as dificuldades enfrentadas para a liberação de alvarás de funcionamento por causa dos problemas que o Corpo de Bombeiros tem para fazer a vistoria e liberar o empreendimento de acordo com as normas do Plano de Prevenção e Combate a Incêndio, o PPCI.

    De acordo com Luana, os problemas são decorrentes da falta de pessoal, mas ela disse que há alternativas que facilitam a vida dos investidores. Conforme a área em metros quadrados, do empreendimento, e o risco que ele oferece, o alvará pode ser requerido via internet ou pode ser emitido um alvará provisório.

     

    Mobilidade

     

    Já o secretário Alison Silva, da Mobilidade Urbana, centrou sua explanação nas obras que visam melhorar as condições de trafegabilidade na Avenida Centenário e rua Adolfo Inácio de Barcelos, além de vias adjacentes, duplicação das pontes e mudanças na rótula do Aldeião.

    Alison foi enfático ao explicar as razões pelas quais as obras da ponte não são a prioridade do momento, lembrando que a Centenário ainda é uma via estadual – RS-030 – e que só depois da municipalização e da liberação do financiamento da Confederação Andina de Fomento  - da ordem de R$ 100 milhões – será possível fazer a duplicação.

    --- Tenho a convicção de que a mobilidade naquela região depende de quatro obras: uma já estamos realizando que a duplicação da Centenário. Outra é a revitalização da Adolfo Inácio com obras de acesso ao Condomínio Seminário (em implantação). A terceira é a alteração da rótula com  medidas para desafogar o trânsito e a última é a das pontes, que vai complementar este conjunto de ações que tem a finalidade de melhorar o trânsito e atender uma necessidade de muitos anos de quem passa com frequência pelo local --- disse Alison.

     

    WhatsApp

     

    Quase ao final da reunião o prefeito Marco Alba recebeu uma mensagem em seu celular, informando que o Projeto de Lei da municipalização da RS-030 (Avenida Centenário) entre a RS-118 e o trevo da Pirelli, no Parque dos Anjos, vai ser votado na próxima terça (12/12) na Assembleia Legislativa.

    A providência, se confirmada a municipalização, permite à Prefeitura a realização de obras e investimentos sem depender da avaliação técnica do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), autarquia do governo estadual à qual aquela via está jurisdicionada.

     

    Avaliação

     

    No encerramento da reunião o prefeito Alba mais uma vez falou das dificuldades financeiras enfrentadas pelos sofres municipais, relacionou a situação com a crise existente nas esferas estadual e federal, e disse que a Prefeitura está conseguindo realizar investimentos graças ao saneamento das contas públicas nos últimos anos.

    O prefeito de Gravataí avaliou a atuação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social ao longo do ano como bastante produtivo, já que possibilitou a troca de informações, a análise de projetos e sugestões que contribuíram para a administração do município.

     

    IMPORTANTE

     

    1

    No dia 15 de janeiro será instalado o Conselho de Desenvolvimento Econômico (Codes) de Gravataí para 2018, com a substituição de membros.

     

    2

    O reinício das atividades do “conselhão”, como é chamado, será no mês de fevereiro, em data ainda a ser agendada, e novamente no auditório da empresa Dana.

     

    No vídeo abaixo o prefeito Marco Alba fala para o Seguinte: sobre o ‘conselhão’, o final de 2017, a expectativa para 2018 e o abraço de 24 segundos.

     

     

     

     

    • na copa
      OPINIÃO | Os assediadores da russa podem ser você
      por Rafael Martinelli
    • luto
      Antes do tie break: o legado de Aline Fofonka
      por Róbinson Gambôa
    • luto
      120 em 40, uma intensa história de vida
      por Cláudio Wurlitzer | Especial
    • luto
      Nada está no lugar; uma homenagem a Denise Medonha
      por Rosane Castro
    • coluna do silvestre
      A Souza Cruz voltou, a Herbalife chegou
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • atenção
      O que muda no trânsito da parada 72
      por Redação
    • a venda do hospital
      OPINIÃO | Marco Alba fez bem em bancar a Santa Casa
      por Rafael Martinelli
    • na copa
      Deu sono na estreia do Brasil e do Miguel
      por Eduardo Torres
    • na copa
      OPINIÃO | Estreia com a cara do Brasil do golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      No escurinho do cinema...
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      É bom sinal os vereadores congelarem os próprios salários
      por Rafael Martinelli
    • nosso hospital
      COM VÍDEO | Hospital de Gravataí é da Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saneamento
      Gravataí e Cachoeirinha no ranking do saneamento
      por Eduardo Torres
    • eleições 2018
      Miki e Stédile, unidos por Sartori
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      20 dias para o pedágio não ser cobrado ou...
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      EXCLUSIVO | Gravataí pode ter um dique contra enchentes
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.