notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/09/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    habitação

    Início da definição das famílias contempladas com a casa própria foi acompanhado por representantes dos inscritos e realizado por funcionários da Caixa Federal e da secretaria municipal da Habitação de Gravataí

    COM VÍDEO | Quem vai morar na nova ’cidade’ Breno Jardim Garcia

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 09/07/2018 às 17h27| Atualizada em 13/07/2018 às 16h56

    A realização do sonho da casa própria começou a ficar mais próximo na manhã chuvosa e fria desta segunda-feira, quando cerca de 30 pessoas interessadas assistiram à cerimônia de abertura e início do procedimento de sorteio de quem vai, de fato, morar no maior loteamento popular do Sul do Brasil, o Breno Jardim Garcia.

    A entrega das chaves das moradias que ficam na altura da parada 103 – no Passo da Caveira –  deveria acontecer a partir de março do ano passado. Pelo menos a primeira etapa, de 1.013 casas de um total de 2.025 moradias. A segunda etapa estava programada para ser liberada pela construtora na metade de 2017.

    No final de 2016 o Seguinte: já previa dificuldades para cumprimento dos prazos acordados pela Caixa Econômica Federal (gestora do empreendimento) e a Emcasa Construtora, responsável pela construção das casas que contam até com sistema de aquecimento solar.

    O engenheiro João Airton Moraes Júnior, mineiro criado no litoral de São Paulo, em Santos, disse, na ocasião, que os prazos estavam sendo – e seriam! - cumpridos.

    --- Se você ver o contingente de pessoal trabalhando vai ver que dá para cumprir o prazo sim --- disse para o Seguinte:, com acentuado sotaque meio mineiro - meio paulista e longe do nosso ‘gauchêz’.

    De acordo com João Airton, no final de 2016 eram mais de 300 o total de operários trabalhando diretamente no canteiro de obras, mexendo em concreto, tijolos, movimentando máquinas e revolvendo terras. Outras 800 pessoas atuam indiretamente, no fornecimento da alimentação, transporte de combustível, material...

     

    Vários fatores

     

    --- Está atrasada sim --- admitiu hoje o prefeito de Gravataí, Marco Alba (PMDB), lembrando que as obras são de responsabilidade de uma empresa privada que alegou diversos motivos para não cumprir os prazos.

    Um deles foi a condição climática do Sul do Brasil – com mais chuvas do que nas regiões Sudeste e Nordeste, onde a Emcasa Construtora estava mais habituada a trabalhar. Outras razões teriam sido atrasos motivados por questões de ordem estrutural que tiveram que ser feitas novamente.

    Assim como a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) passou por adaptações por exigência da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), que é o órgão que vai administrar o trabalho depois de a obra ser entregue.

    --- Foram adequações de ordem técnica a partir de exigências da Corsan que está fiscalizando a construção e que vai operar o sistema --- disse o prefeito Alba.

     

    Os sorteios

     

    De acordo com a secretária municipal da Habitação, Saneamento e Projetos Especiais, Luciane Ferreira, os sorteios que iniciaram nesta segunda se estenderão até quarta-feira. Hoje, foram contempladas famílias que se enquadram nos critérios de prioridade, como aquelas que têm pessoas idosas ou com deficiência, além das integrantes do Grupo 2, que atingiram parâmetros definidos pelo Ministério das Cidades.

    Nesta terça-feira (10/7) o sorteio será para as famílias que se enquadram no Grupo 3, que atenderam cerros requisitos exigidos para fazer parte do Grupo 2, mas acabaram ficando de fora por não cumprir uma ou algumas das exigências. E na quarta-feira vai ser a vez daquelas pessoas inscritas e que fazem parte do “geral”, ou seja, querem mudar para o Breno Jardim Garcia sem que façam parte do rol de exigências dos outros grupos.

    Os sorteios deste começo de semana preveem, também, o preenchimento da lista de suplência. São famílias que serão chamadas caso as que forem escolhidas agora não preencham as exigências da Caixa Econômica Federal (CEF) com base no programa  Minha Casa, Minha Vida.

    --- Se houver alguma incompatibilidade de documentos e no que se refere aos critérios, ou se por qualquer razão acontecerem desistências, já teremos esta lista de suplência que será chamada pela ordem do sorteio feito aqui --- explicou a secretária Luciane Ferreira.

     

     

    LEIA TAMBÉM

    Começa entrega de duas mil casas

    Tem uma cidade em construção dentro de Gravataí

     

     

    : Cerca de 40 famílias assistiram aos sorteios, nesta segunda, aberto pelo prefeito Marco Alba

     

    PARA SABER

     

    1

    Os sorteios estão acontecendo na sede da Igreja Evangélica Encontros de Fé, na rua Soledade, número 50, no bairro Vera Cruz.

     

    2

    Qualquer pessoa da comunidade – e principalmente das famílias inscritas – pode acompanhar o procedimento que é realizado por representantes da Caixa Econômica

    Federal e da secretaria municipal da Habitação.

     

    3

    Ao todo são 1.013 moradias a serem entregues na primeira fase e outras 1.012 na segunda, de um total de 2.015 residências. A primeira fase, segundo a secretária, prioriza famílias de áreas de risco e que atendam critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades.

     

    4

    O total de famílias inscritas para habitar uma das moradias do Loteamento Breno Jardim Garcia, de acordo com os editais publicados, chegam a 2.491.

     

    AS CASAS

     

    As moradias que vão ser entregues oficialmente a partir do final deste ano e início de 2019 têm 40,73 metros quadrados, com dois dormitórios, banheiro, cozinha, sala e área de serviço externa, além de placas de energia solar. 

     

    Próximas etapas

     

    Após o sorteio que vai até quarta, a Prefeitura dará início ao trabalho de preparação das famílias com equipes de assistentes sociais e reuniões informativas. Em dezembro de 2016, a Prefeitura firmou contrato com o Senac, que fez o acompanhamento social para a definição das famílias a serem beneficiadas.

    A equipe de técnicos do Serviço Nacional do Comércio (Senac), composta por assistentes sociais, biólogos e pedagogos, visitou as famílias in loco para averiguar as questões sociais e a situação em que vivem.

     

    QUEM FOI VISITADO

     

    Receberam as visitas de acompanhamento social famílias de regiões em situação de vulnerabilidade social residentes em áreas de preservação permanente, alagadiças ou de leito viário situadas nos bairros Ambrozina, Caça e Pesca, Vila Imperial, Itatiaia, Jardim das Palmeiras, Padre Réus, Parque da Lagoa, Travessa Savana, Cegonheiros, Heineken, Xará, Vila Rica, Parque dos Anjos (ponte), além daquelas que estão com aluguel social municipal ou estadual.

     

    : Geneci Flores Monteiro, 62 anos, sonha com a casa própria para parar de pagar aluguel

     

    Confira a reportagem do Seguinte: sobre o sorteio das ´famílias que vão morar no Breno Jardim Garcia.

     

     

     

     

    • entrevista: vilmar
      “Ajudar Bolsonaro é um chamado de Deus”
      por Rafael Martinelli
    • personagens
      COM VÍDEO | Magrão Júnior, o Forrest Gump da Aldeia
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • mulheres contra bolsonaro
      #EleNão chega a Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      A certeza de Sartori é a mesma de Marco em Gravataí
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • neste sábado
      Como será Festival Paralímpico em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • habitação
      A ocupação onde a esperança está só no nome
      por Eduardo Torres
    • candidatos locais
      Sou o Stédile e vou te contar minha história
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • candidatos locais
      Sou o Pedro Ruas e vou te contar minha história
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • candidatos locais
      Sou o Dimas e vou te contar minha história
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.