notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/09/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    educação

    Alunos estudando sob um guarda-chuvas em plena sala de aula na Escola Tuiuti, imagem que ganhou as redes sociais na semana passada. FOTO | Reprodução Facebook

    Conselho vai dar ultimato ao governo sobre obras na Escola Tuiuti

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 12/11/2019 às 15h59| Atualizada em 14/11/2019 às 16h11

    O Conselho Estadual de Educação (CEE) vai dar um ‘ultimato’ ao governo do Estado até o final desta semana para que sejam resolvidos urgentemente os problemas estruturais enfrentados desde o ano passado na Escola Estadual de Ensino Médio Tuiuti, que fica no bairro Bonsucesso, em Gravataí.

    --- Pode ser para o secretário (estadual da Educação, Faisal Karan), para o governador (Eduardo Leite) ou até para o Ministério Público (Estadual) --- disse há pouco o gravataiense José Amaro Hilgert, membro do conselho.

    Com mais três integrantes do Conselho Estadual, Hilgert esteve na manhã de hoje (12/11) realizando uma inspeção nas condições da Tuiuti, cujas obras foram iniciadas pelo governo do Estado no ano passado e nunca concluídas, por falta de pagamento à empreiteira contratada.

    Em razão do não repasse dos valores devidos a empreiteira abandonou o trabalho e deixou 12 salas de aulas e a biblioteca sem forro e com problemas na cobertura do prédio, sujeitando alunos, professores e funcionários ao “bom humor do clima”. A situação vem sendo debatida desde o começo do ano.

    Conforme José Amaro Hilgert, parte das instalações da Escola Tuiuti foram interditadas e até uma verba liberada via Banco Interamericano de Desenvolvimento (Bird) da ordem de R$ 120 mil foi perdida (teve que ser devolvida). Os quatro conselheiros que estiveram no local nesta terça vão elaborar - provavelmente ainda - hoje um relatório.

    --- Acho que amanhã (nesta quarta) quando a gente tem reunião, este relatório já vai ser colocado em votação --- anunciou Hilgert.

    Particularmente, ele diz que prefere encaminhar a denúncia acerca da situação sobre as instalações da escola de Gravataí diretamente ao Ministério Público para que sejam cobradas as responsabilidades dos órgãos que já deveriam ter providenciado as soluções, bem como definidos prazos para que sejam tomadas as medidas necessárias.

     

    Documento oficial

     

    Hilgert disse também que esteve na escola Tuiuti na semana passada, como gravataiense interessado em conhecer a realidade, e que voltou nesta terça como integrante do Conselho Estadual de Educação para formalizar um documento com as dificuldades da escola.

    --- Se está calor, é muito calor; quando está frio, é muito frio que eles enfrentam. E se chove, tem que ir para a aula com guarda chuva, como mostrou uma foto que circulou na internet na semana passada --- comentou.

    Ele lembra que esta é uma obra que deveria estar concluída ainda no ano passado e que o atual governo não se entende sequer quanto aos valores necessários para a execução da reforma. Nem prazos estão de acordo com a realidade, disse José Amaro Hilgert, sem entrar em detalhes.

    --- Até o fim de semana vamos ter mais detalhes e vamos poder falar melhor sobre o que está acontecendo, anunciou.

     

    : Hilgert (camisa preta) e integrantes do Conselho Estadual de Educação com direção da Tuiuti.

     

    PARA LEMBRAR

     

    1

    A Escola estadual de Ensino Médio Tuiuti tem cerca de 1.200 alunos e, para que as aulas não sejam suspensas, direção e professores têm improvisado espaços e juntando turmas. A reforma mais urgente inclui a parte física e rede elétrica.

     

    2

    No começo do mês passado, dia 1º, o governo do Estado anunciou a destinação de R$ 31,4 milhões para a área da Educação. Do total, R$ 11,3 milhões seriam para continuidade e término de obras de melhorias em 103 escolas da rede estadual.

     

    3

    De acordo com o que disse o secretário de Educação, Faisal Karam, ao anunciar o dinheiro, para a Tuiuti ainda seriam necessários R$ 600 mil, valores que o Estado disse não dispor e nem prever para o orçamento do ano que vem, 2020.

     

     

     

     

     

     

    • eleições 2020
      Com COVID, candidatos do governo estão em isolamento
      por Rafael Martinelli
    • política
      Ruiu conspiração anti-Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • política
      Juíza acaba com sessões às escondidas na Câmara
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      Décimo antecipado; 10 milhões na economia
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Metade de Gravataí é grupo de risco; isso o IBGE não mostra
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Hospital de Campanha de Gravataí vai fechar
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.