notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/06/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    polêmica

    Área do Centro de Gerenciamento de Resíduos aparece marcada sobre foto do Google Earth

    Saiba como acessar pedido da Estre para operar em Glorinha

    por Rafael Martinelli | Publicada em 06/09/2017 às 21h39| Atualizada em 12/09/2017 às 22h26

    Já está disponível para consulta online na Fepam sob o número 15911 o pedido de licença prévia de Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) apresentado pela Estre para a construção em Glorinha do Centro de Gerenciamento de Resíduos Rio Grande do Sul, em uma área de 209 hectares já comprada pela empresa por R$ 5,5 milhões na Vila Nova, a seis quilômetros do Centro do município.

    O protocolo para o investimento calculado em R$ 100 milhões – e com uma promessa de geração de quase mil empregos diretos e indiretos – está inscrito na categoria Aterro Sanitário Com Central de Triagem de Resíduos Sólidos Urbanos, solicitando autorização para receber cargas num raio de 150 quilômetros, o que permitiria negócios com mais de 30 municípios da Região Metropolitana, Serra e Litoral para extrair biogás do lixo e gerar energia para comercialização.

     

    LEIA TAMBÉM

    EXCLUSIVO | Rei do lixo fala sobre projeto em Glorinha

    Estre é uma Goodyear para Glorinha, diz prefeito

     

    No processo inicial de 74 páginas, com imagens e detalhes da tecnologia que será aplicada pela gigante do lixo, considerada a maior empresa do setor na América Latina, são listados como tipos de resíduos a coleta regular domiciliar de municípios; resíduos industriais não perigosos; resíduos de grandes estabelecimentos comerciais, resíduos da varrição de logradouros públicos; resíduos da construção civil e entulhos de demolição; resíduos de serviços de saúde e resíduos perigosos de origens diversas.

    Num questionário prévio, a Estre respondeu que será necessária supressão de vegetação nativa de Mata Atlântica e o empreendimento vai gerar efluentes líquidos domésticos e/ou industriais, mas não haverá captação de água superficial ou subterrânea e o empreendimento não está localizado no raio de 10 quilômetros de unidades de conservação municipal, federal ou terras indígenas ou quilombolas.

     

    LEIA TAMBÉM

    Grupo do não faz pressão contra aterro na Câmara

    Câmara faz reunião morna após tumulto e ameaça de morte

    POLÊMICA DA ESTRE | Tumulto suspende sessão em Glorinha

     

    Clique aqui, faça o cadastro apenas com CPF, RG e um número de telefone celular e tenha acesso a todo pedido de licença para subsidiar sua opinião sobre a polêmica que, após a revelação das negociações com exclusividade pelo Seguinte:, é assunto diário entre os quase 7 mil habitantes de Glorinha.

     

    LEIA TAMBÉM

    Gigante do lixo vai investir em aterro em Glorinha

    3 vereadores não viajaram até gigante dos aterros

    • coluna do silvestre
      Souza Cruz volta e Herbalife chega à cidade
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • atenção
      O que muda no trânsito da parada 72
      por Redação
    • a venda do hospital
      OPINIÃO | Marco Alba fez bem em bancar a Santa Casa
      por Rafael Martinelli
    • na copa
      Deu sono na estreia brasileira
      por Eduardo Torres
    • na copa
      OPINIÃO | Estreia com a cara do Brasil do golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      No escurinho do cinema...
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      É bom sinal os vereadores congelarem os próprios salários
      por Rafael Martinelli
    • nosso hospital
      COM VÍDEO | Hospital de Gravataí é da Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saneamento
      Gravataí e Cachoeirinha no ranking do saneamento
      por Eduardo Torres
    • eleições 2018
      Miki e Stédile, unidos por Sartori
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      20 dias para o pedágio não ser cobrado ou...
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      EXCLUSIVO | Gravataí pode ter um dique contra enchentes
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.