notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/02/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    causa animal

    Cervos, capivaras e aves no Pampa Safari, que fica no Km 11 da RS-020, em Gravataí | Foto RENATA BREIER PORTO

    Os cervos do Pampa vão a Brasília

    por Rafael Martinelli | Publicada em 13/09/2017 às 16h26| Atualizada em 18/09/2017 às 16h53

    A polêmica da matança de cervos no Pampa Safari chegará a Brasília. Acaba de ser aprovada realização de audiência pública na Câmara dos Deputados, em data a ser definida. O requerimento apresentado por Ricardo Izar Jr. à Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável prevê o “debate sobre a intenção de abate de mais de três centenas de animais exóticos e da fauna nativa pertencentes ao plantel do Pampa Safári (Gravataí/RS) por razões de contingência econômica e suposta contaminação patológica”.

    O pedido de audiência foi feito a Izar pelo Partido Animais, que ainda não tem representação no Congresso.

    Foram convidados para a audiência Ivone Febernati (proprietária do Pampa), Frank Alarcón (biólogo ligado ao Instituto Luisa Mell), Ernani Polo (secretário da Agricultura Pecuária e Irrigação do RS), Patrícia Nunez Weber (procuradora-chefe da Procuradoria Geral da República no RS), Jackson Müller (biólogo diretor-presidente da Fundação do Meio Ambiente de Gravataí), Vania Plaza Nunes (médica veterinária do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal) e o Ibama.

     

    Inquérito, conciliação e 'pesar'

     

    Além de um inquérito civil público aberto pela promotora Carolina Barth, do Ministério Público de Gravataí, também está marcada para 17 de outubro uma audiência de conciliação entre os proprietários do parque e o juiz João Ricardo dos Santos Costa, da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, que em 24 de agosto concedeu a pedido da deputada estadual Regina Becker a liminar que impede a sequência do sacrifício de animais enquanto não houver comprovação da alegada contaminação por tuberculose.

     

    LEIA TAMBÉM

    Donos do Pampa Safari entre a conciliação e o pedido de morte dos animais

     

    Já está nos autos, tanto do MP quanto da Justiça, documento onde em 28 de abril de 2017 a família Febernati entregou ao Ibama e ao Ministério Público Federal o ‘plano final de encerramento do empreendimento Pampas Safari’.

    – É com grande pesar que requer o abate dos cervídeos e capivaras, sendo o abate dos demais animais do plantel mediante avaliação conjunta. (...) Com a finalidade de encerrar imediatamente as atividades do empreendimento. (...) A proprietária prefere que sejam abatidos apenas os cervídeos e as capivaras, devendo ser avaliado em conjunto (proprietária e órgãos competentes) o abate dos demais animais, vez que poderão ser comercializados – diz o documento de 13 páginas.


    A POLÊMICA EM TEXTOS E VÍDEOS

    Para saber mais sobre a ameaça de matança de animais que provocou comoção social, atos no Ibama e Pampa Safari, além de virar notícia internacional, clique no link abaixo onde há uma compilação reportagens, opiniões e vídeos publicados pelo Seguinte:.

    O que espera os donos do Pampa Safari na volta da Europa

    • projeto Semear
      Produção de alimentos no lugar de ocupações
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • o parto da notícia
      Gugu Streit vice de Sartori (e Marco Alba)
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Filho de Bolsonaro chama ex-vereador de bandido
      por Rafael Martinelli
    • câmara
      Nadir vai contra o prefeito na polêmica do IPTU
      por Rafael Martinelli
    • câmara
      OPINIÃO | IPTU, a audiência que não terminou
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Do Zaffari ao Asun: como trabalhar com eles
      por Silvestre Silva Santos
    • carnaval 2018
      A Onça Negra não vai beber água no Porto Seco este ano
      por Silvestre Silva Santos
    • gravataí
      Quem assume mandato com cassação de vereadores
      por Rafael Martinelli
    • mobilidade urbana
      Será o fim dos quebra-molas na zona urbana?
      por Silvestre Silva Santos
    • câmara
      7 coisas sobre audiência pública do IPTU
      por Rafael Martinelli
    • exposição
      Tem som de museu no Gravataí Shopping
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • vereadores
      Como manter mandato mesmo com cassação no TRE
      por Rafael Martinelli
    • caso das laranjas
      TRE: mandato de 3 vereadores de Gravataí está em jogo segunda
      por Rafael Martinelli
    • rio limpo
      Navegando com pachamama ao futuro do Gravataí
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Marco fez em Gravataí
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.