notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 18/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do martinelli

    Ativistas entregaram requerimento após ato em frente à Prefeitura de Gravataí

    MINUTO SEGUINTE | A juíza que não viu os animais como coisas

    por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 01/11/2017 às 19h15| Atualizada em 03/11/2017 às 16h53

    Você assiste ao Minuto Seguinte: dando o play na imagem abaixo, ou então ouve o áudio no podcast, lê em texto e navega por links relacionados logo após o vídeo. 

     

     

    OUÇA O ÁUDIO NO PODCAST clicando aqui.

     

    A juíza dos animais sencientes

    Um grupo de ativistas promoveu ato em frente à Prefeitura de Gravataí e protocolou requerimento pedindo ao prefeito Marco Alba a transformação do Pampas Safari em um Parque Natural Municipal, com a desapropriação dos mais de 300 hectares no Km 11 da RS-020.

    Na segunda, defensores da causa animal tiveram uma dupla vitória: atendendo pedido do Ministério Público, a Justiça de Gravataí suspendeu a autorização para abates de cervos no Pampas e fixou multa de R$ 50 mil a cada flagrante de descumprimento.

    Mas o motivo maior da comemoração foi a juíza Cíntia Teresinha Burhalde Mua ter, no texto da decisão liminar, reconhecido os animais como seres sencientes, ou seja: capaz de sentir, de vivenciar sentimentos como dor, angústia, solidão, amor, alegria, raiva, como os seres humanos.

    Aprovado este ano pelo Senado, e seguindo a tendência de países do primeiro mundo, projeto alterou o status dos animais, até então tratados como ‘coisas’ pela legislação brasileira, para seres sencientes.

     

    LEIA TAMBÉM

    EXCLUSIVO | Justiça de Gravataí proíbe abate de cervos do Pampas

    PAMPAS SAFARI | O dia da conciliação entre vida e morte

    • coluna do silvestre
      O que descobri da GM andando em um Uber
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      Rossetto andou no centro, ’laboratório do golpe’
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      O que fazer para evitar o mês do cachorro louco
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saúde pública
      Este sábado é o Dia D contra o Sarampo e a Paralisia Infantil
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • mistério
      Eles juram que viram fantasmas nos cemitérios de Gravataí
      por Andreo Fischer
    • saúde pública
      O que mudou, e vai mudar, no Dom João Becker com Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • caso da maconha
      OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a câmara e a facção
      por Rafael Martinelli
    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Testamos o carro elétrico da GM
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt e Divulgação/GM
    • tá na mesa
      O dia em Marco Alba contestou Caetano e Roberto Carlos
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.