notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 02/06/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    eleições 2018

    Marco Barbosa postou vídeo com Eduardo Leite, que você pode assistir em seu perfil no facebook

    OPINIÃO | Marco Barbosa é só um sintoma do cada um por si no PSB

    por Rafael Martinelli | Publicada em 23/10/2018 às 16h08| Atualizada em 29/10/2018 às 12h20

    DAS URNAS #8 | Guerra 'declarada' entre prefeito Miki e deputado Stédile, que teve como consequência a perda de cadeiras na assembleia e na câmara federal, segue arrancando penas no ninho das 'pombas'. Ex-presidente da câmara - e cunhado do prefeito - apoia Leite, e não Sartori

     

    A eleição onde pombas graúdas foram depenadas pelas urnas – o partido não recuperou a vaga na assembléia legislativa que era de Miki Breier e perdeu a que tinha na câmara federal com José Stédile – segue provocando dissidências no PSB de Cachoeirinha. Presidente da câmara ano passado, o vereador Marco Barbosa é hoje linha de frente da campanha de Eduardo Leite (PSDB) na região.

    Há pouco, postou vídeo no facebook convidando para caminhada com o candidato a governador às 9h desta sexta, com saída da parada 49.

    Cunhado do prefeito Miki Breier, que foi um dos principais articuladores para a manutenção da aliança com o MDB pela reeleição de José Ivo Sartori, o policial civil não perdoa os quatro anos de parcelamentos de salários e evoca a proximidade com o colega Ranolfo Vieira Jr. (PTB), vice do tucano e que foi seu delegado regional quando estava lotado em Novo Hamburgo, para renegar a coligação oficial do PSB gaúcho:

    – Já não votei no Sartori no primeiro turno, onde procurei focar no apoio às candidaturas do partido em Cachoeirinha. Agora estou na coordenação da campanha de Leite. O governo Sartori foi uma mesmice, não apresentou nada novo e repetiu outros que apenas culpavam os antecessores. Leite é um jovem que saiu de Pelotas com a aprovação de nove a cada dez pessoas.

    Marco Barbosa, cotado até a última hora para concorrer a deputado estadual e sempre nas listas pela sucessão à prefeitura, não teme uma expulsão, como aconteceu com dois secretários municipais e cinco CCs de Viamão no primeiro turno por apoiarem Geraldinho Filho e Milton Magalhães, ambos do PSDB e ‘candidatos oficiais’ do governo do município vizinho para assembléia legislativa e câmara federal.

    – Não sou só eu. Eu apoio Leite, enquanto outros do partido aderiram ao SartoNaro – compara, sobre o apoio de companheiros a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno, mesmo que a direção nacional tenha decidido apoio a Fernando Haddad (PT).

    Mas o vôo solo de Marco Barbosa é apenas mais uma conseqüência do ‘cada um por si’ vivido pelo PSB de Cachoeirinha. No primeiro turno, enquanto Juliano Paz, o candidato do prefeito a deputado estadual, tinha em sua colinha o número de Sartori e Ciro Gomes (PDT), os santinhos de Vicente Pires, também candidato a assembléia, e de José Stédile, candidato a federal e presidente licenciado do partido no Rio Grande do Sul, apareciam com espaços em branco.

    Como bem observou o jornalista André Boeira, a guerra entre Miki e Stédile foi ‘declarada’, literalmente, na prestação de contas ao TSE. Se Stédile – deputado federal e, beneficiado pela nova legislação eleitoral, com a chave do cofre do fundo partidário – doou R$ 156,4 mil para Vicente, não repassou um real a Paz, a quem Miki doou R$ 12 mil.

    Alimentado possivelmente da falta de unidade do partido para reunir o governo em torno de candidaturas ‘oficiais’, o ‘fogo amigo’ de candidaturas de partidos que integram o secretariado chamuscou tanto Paz – com Deoclécio Melo (Solidariedade), o candidato a deputado estadual mais votado da cidade – quanto Stédile, com Nerisson Oliveira (PRB), que fez seis mil votos a federal, enquanto faltaram apenas 700 votos para a reeleição.

    Se Marco Barbosa não tem mais as indicações para cargos no governo Sartori, não faz mais diferença. A fidelidade partidária no PSB cabe hoje na célebre frase de Millôr:

    – O cara só é sinceramente ateu quando está bem de saúde.

     

    LEIA TAMBÉM

    OPINIÃO | Na eleição do ’contra o que está aí’, perderam os políticos tradicionais

    Todos os números da eleição em Cachoeirinha

    • negócios
      Gravataí receberá mais três empreendimentos de alto padrão
      por Redação
    • educação
      A ’obra do coração’ do prefeito Marco Alba
      por Redação
    • justiça
      O que vamos dizer para o Gu, que perdeu o pai assassinado na Rondon?
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morada do Vale é ’epicentro’ da COVID 19 em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      100 infectados em Cachoeirinha são potenciais 20 mil; o maio do contágio
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Marco Alba alerta para período crítico da COVID 19 em Gravataí; tem novos decretos para comércio e aulas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      O ‘urubu da imprensa’ errou, para menos; contágio em Gravataí cresceu 245 por cento
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Ele grita a sua impotência. Ou: Vamos ver como seria o ’gorpe do Parmito’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      As mortes sem rosto da COVID 19 em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      ’Político alvo’ desafia abertura de ’CPI das fake news’ na Câmara de Gravataí; as bravatas e verdades múltiplas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí receberá 36 milhões de socorro federal; funcionalismo com salários congelados até 2022
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Metade de Gravataí é ’grupo de risco’ para COVID 19; alerta aos ’covidiotas’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa saiu da Havan como candidato a prefeito de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Luciano Hang e Marco Alba na ’inauguração surpresa’ da Havan Gravataí; assista
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      ’Gripezinha’, ’carreatas da morte’, Páscoa, reabertura e Dia das Mães; a progressão da COVID 19 em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Por que hospital de campanha de Gravataí atrasou 30 dias; sem tirolesa ou ’Covidão’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.