notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/09/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Nelson Martini, Edison Cordeiro e, batendo o selfie para postar no Facebook, Paulinho da Farmácia

    19 mil gastos em viagem de vereadores a Brasília; o ’conto da emenda’

    por Rafael Martinelli | Publicada em 05/07/2019 às 20h56| Atualizada em 19/07/2019 às 19h45

    O CâmaraTur voltou a taxiar em Cachoeirinha. O transponder direcionou para Brasília os vereadores Edison Cordeiro (PRB), Nelson Martini (PTB) e Paulinho da Farmácia (PDT).

    Embarcaram na segunda e retornaram nesta sexta. O custo da viagem, lançado no Portal Transparência, é de R$ 18.926,73.

    Em passagens aéreas são R$ 9.105,75. Em diárias, cada vereador recebe na conta R$ 3.273,66 para comes, bebes e o que for em Brasília, sem necessidade de apresentar notas fiscais.

    O nome do curso não constava na pauta do legislativo em que a viagem foi aprovada, mas não faz diferença porque ninguém bola tão mal tão bem essas aulinhas para políticos.

    Paulinho da Farmácia foi profilático, em seu Facebook: anunciou que os viajantes conseguiram R$ 700 mil em emendas parlamentares para Cachoeirinha, junto aos gabinetes dos deputados Mauricio Dziedrick (PTB), Carlos Gomes (PRB) e Pompeo de Mattos (PDT).

    Não caio nessa. Critico viagens de vereadores desde antes da época do e-mail. Até porque telefone já existia.

    Nem falo sobre viajar para aprender alguma coisa nesses curso de coisa nenhuma. Mas, se acharem que vale, os parlamentares podem pagar pela própria formação usando os R$ 12.323,61 que recebem mensalmente de salário.

    Recomendo conteúdos melhores para assistir pelo YouTube, alguns de graça até!

    Refiro-me ao 'conto das emendas'. 

    Essas emendas parlamentares podem ser acertadas aqui no Rio Grande do Sul. Dziedrick, Gomes e Pompeo, por exemplo, têm escritórios políticos em Porto Alegre, seguidamente estão em Cachoeirinha e empregam dezenas de assessores aqui e lá em Brasília, que por muito bem pagos devem ter alguma capacidade de acertar detalhes burocráticos para os vereadores.

    Parem de hipocrisia: deputados inscrevem as emendas em troca de votos, de apoios políticos e etceteras, não porque vereadores vão a Brasília!

    Convençam-me de que esta semana os vereadores de Cachoeirinha precisaram ficar em Brasília mais tempo do que os deputados federais.

    Difícil, não?

     

    • política
      Ruiu conspiração anti-Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • política
      Juíza acaba com sessões às escondidas na Câmara
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      Décimo antecipado; 10 milhões na economia
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Metade de Gravataí é grupo de risco; isso o IBGE não mostra
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Hospital de Campanha de Gravataí vai fechar
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.