notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 21/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Câmara de Cachoeirinha no ’modo Eduardo Cunha’

    por Rafael Martinelli | Publicada em 16/12/2019 às 14h55| Atualizada em 21/12/2019 às 12h37

    A Câmara de Cachoeirinha tem operado no ‘modo Eduardo Cunha’.

    Conteste-me leitor, se como o presidente da Câmara Federal fez com Dilma Rousseff, parlamentares não tem atirado ‘pautas-bomba’ no colo do prefeito Miki Breier (PSB), atrapalhando como podem o governo?

    Teve golpeachment. Frustrado, judicial e politicamente, ficou na tentativa. E o interesse era cassar não só o prefeito, mas também o vice, Maurício Medeiros (MDB), para bagunçar tudo com uma eleição às vésperas de outra.

    Há duas amalucadas CPIs em curso.

    Denúncias, mesmo sem provas de corrupção, ou cujas conseqüências levam ao disse-que-não-disse-o-que-disse, aparecem mais que selfie de político em rede social.

    A última é uma espécie de ‘golpe parlamentar’, onde emenda da oposição reduz dos 20% – como sempre foi – para 11% a parcela do orçamento que pode mexer o prefeito a partir de 2020.

    E a oposição queria 3%, o que confirmaria Miki, e quem vier a comandar a Prefeitura a partir de 2021 como 'administrador(a) de folha de pagamento'!

    Ao fim, se a emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) não for derrubada no projeto de Orçamento Municipal, o parlamento de Cachoeirinha se torna ‘todo poderoso’ para ‘negociar’ cada suplementação e dotação orçamentária.

    É quase o ‘orçamento impositivo’ do Cunha.

    Já vimos no que deu isso.

    Ah, trato neste artigo de conspirações políticas e não de malfeitos.

    • coluna do silvestre
      SPA urbano quer abrir franquias na região
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Previdência custará 6 vezes mais que financiamentos de Gravataí; a conta de Davi
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | tecnologia
      Como apagar dados pessoais que não deveriam estar na rede
      por Isabel Rubio | El País
    • opinião
      Os candidatos do Maroni em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Às portas da ditadura; do ’vilão de estimação’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Anabel e ’Os Homens Que Não Amavam As Mulheres’
      por Rafael Martinelli
    • obras
      Inaugurada nova iluminação de trecho municipalizado da ERS-020
      por Redação
    • opinião
      João Paulo candidato a prefeito de Cachoeirinha pelo PP; os 38 investigados na Lava Jato
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Creche de Jornal Nacional’ abriu; a razoabilidade na crítica
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Mais de 150 mil veículos vão para as praias
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.