notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 21/09/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Miki Breier, prefeito de Cachoeirinha

    Pesquisa mostra aprovação a medidas de Miki na pandemia; siga na íntegra

    por Rafael Martinelli | Publicada em 26/05/2020 às 18h44| Atualizada em 17/06/2020 às 13h21

    As medidas adotadas pelo prefeito Miki Breier para enfrentar a crise do coronavírus tem total aprovação em Cachoeirinha. A pesquisa ‘Percepções Acerca da Pandemia do Coronavírus’, mostra uma população consciente dos cuidados necessários, apesar de preocupada com a perda de renda.

    O levantamento, produzido pelo Studio Pesquisas para a Prefeitura, usou entrevistas feitas por telefone entre 5 e 8 de maio, na semana em que foram retomadas as atividades comerciais, industriais e de serviços, com as restrições sanitárias e de operação do distanciamento controlado do RS.

    A ‘ideologia dos números’ também demonstra não funcionar a campanha de desinformação e fake news de milícias digitais contra o distanciamento social – estão metralhando teclados para eles mesmos. O tamanho desses potenciais cúmplices de homicídio não chega a 5% – ou, reformulo, os negacionistas chegam a 5%, ou 6,5 mil entre os 130 mil habitantes!

    Neste, e em outros artigos, vou analisar alguns aspectos, cujos dados são semelhantes à mesma pesquisa realizada em Gravataí, e que tratei em artigos como Gravataí aprova medidas de Marco Alba na pandemia. Para acessar a íntegra da pesquisa, com todos os gráficos, clique aqui. Para assistir live desta terça na qual o prefeito analisa a pesquisa clique aqui. Começo, e encerro, com os dados que reputo mais significativos.

    75,3%, ou quase 8 a cada 10 respondeu “sim” à questão “o fechamento do comércio e dos serviços provoca a diminuição da atividade econômica e aumenta o risco de desemprego. Diante disto, você acha que vale a pena o sacrifício para diminuir a ameaça à vida das pessoas?”. É uma evidência inequívoca de que, para cachoeirinhenses, ‘CPFs’ são mais importantes que ‘CNPJs’, mesmo que 65% temam perder renda.

    Praticamente o mesmo número de pessoas, 74,7%, entendem que nenhuma atividade fechada deveria estar aberta. Entre os 13,3% que queriam mais atividades abertas, o comércio é a principal citação feita por 45%.

    Dos 34% que acham que as restrições deveriam ser maiores, 17,6% queriam funcionando apenas o comércio essencial, e o que lidera os pedidos de fechamento são as academias (25,5%) – alerta que fiz em Miki e o exercício do erro; abrir academias antes do comércio não pega bem.

    A preocupação é tão grande que 59,3% dos pesquisados esperam que o comércio só abra normalmente em alguns meses.

    O ‘hospital de campanha’ também é aprovado pela maioria das pessoas: 6 a cada 10 pessoas escolheram a opção “suficiente” para responder à questão “Comparando com o que você acha necessário para Cachoeirinha enfrentar a pandemia, esta medida é suficiente ou insuficiente?”. Pela lógica, não colaram as críticas ao hospital, que tratei em A epidemia de ’secadores de hospital’ em Cachoeirinha.

    A pesquisa mostra que metade da população tem informações sobre o hospital de 60 leitos montado no Ginásio Municipal. Para 44% a medida representa o que era esperado como ação de governo; para 32,7%, foi “mais do que esperava”.

    A maior crítica ao governo Miki pode ser compartilhada com o Brasil, um dos piores países do mundo no ranking da testagem para identificar infectados pelo SARS-CoV-2. 64% das pessoas esperavam que a Prefeitura comprasse mais do que os 300 kits para teste do coronavírus.

    – Essa pesquisa demonstra que estamos no caminho certo e confirma aquilo que sentíamos: a vida deve sempre estar em primeiro lugar. Os cachoeirinhenses entenderam a gravidade dessa pandemia e estão fazendo a sua parte. Os números nos dão mais incentivo para continuar tomando as atitudes que devem ser tomadas nesta que é a maior crise de saúde pública de nossa história – avalia o prefeito Miki Breier.

    Um dado evidencia a preocupação da população com a virulência do vírus começa a demonstrar o tamanho do negacionismo em Cachoeirinha. Mais de 8 em cada 10 pessoas acham que ficar em casa “ajuda muito” a diminuir a propagação do coronavírus. Apenas 4% responderam “não ajuda nada”. São os mesmos 4,7% que consideram que “as pessoas estão exagerando os riscos reais de pegarem o vírus”, enquanto 50% considera que as pessoas estão se preocupando na medida certa e 42,7% alertam que as pessoas não estão levando os riscos a sério o suficiente.

    A consequência óbvia é que 65,3% reprovam a atuação do governo ‘anti-isolamento social’ de Jair Bolsonaro frente à pandemia. O apoio bate com os 30% das pesquisas nacionais. A impopularidade também é demonstrada na questão sobre a expectativa de ajuda na crise: 43% não esperam nenhuma ajuda do governo.

    Já Miki restou ao lado da ciência, resistiu às fake news e ‘carreatas da morte’, e tem agora a prova da aprovação da população. É um crédito que tem para, com o crescimento exponencial do contágio, ser ainda mais restritivo caso necessário.

    Ao fim, parabéns à população de Cachoeirinha pela demonstração de responsabilidade, empatia e cuidado com o outro ao enfrentar um problema que não acaba na ponte, mas é de toda humanidade. Lamento pelos que não levantam a tampa da privada.

     

    LEIA TAMBÉM

    Miki: não serei o prefeito lembrado por contar corpos; Cachoeirinha tem primeira confirmação de COVID 19

    Cachoeirinha supera Porto Alegre em incidência da COVID; um dia de 23 confirmações

    A Câmara de Cachoeirinha não é solidária nem na COVID 19

    Gravataí, Cachoeirinha e Viamão tem mais casos de COVID 19 que UTIs; o 11 de setembro

    As noites de Miki sem dormir

    Clique aqui para ler a cobertura do Seguinte: para a crise do coronavírus

    • eleições 2020
      Lazzarotto à Prefeitura; ’Renda mínima contra fome’
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Ávila a vereador evidencia afastamento de Dimas
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Nadir responde sobre conspiração contra prefeito
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      A vereadora necessária em Gravataí é do PT
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Leonardo à Prefeitura de Glorinha: ’Contra os mesmos’
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Coordenador de Dimas é ex-secretário de Marco
      por Rafael Martinelli
    • política
      A mais nova conspiração contra Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Claiton à Prefeitura; ’Nem governo, nem oposição’
      por Rafael Martinelli
    • justiça
      Caso Dorildes: motorista de app vai a júri, PMs não
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      João Paulo e Adriano, a chapa bolsonarista
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Fora da coordenação de Dimas, Ávila mira Dr. Levi
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Anabel: ´candidata de verdade, não de plástico’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.