notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 07/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Equipes contratadas pela Prefeitura fazem limpeza em áreas de maior circulação de Cachoeirinha

    100 infectados em Cachoeirinha são potenciais 20 mil; o maio do contágio

    por Rafael Martinelli | Publicada em 01/06/2020 às 12h34| Atualizada em 08/06/2020 às 17h57

    Cachoeirinha chegou aos 100 casos da COVID-19. A incidência por 100 mil habitantes, 79.4, já ultrapassou o epicentro, Porto Alegre, 50.3. A conta pode chegar a quase 20 mil.

    O painel de controle do novo coronavírus aponta nesta segunda, 1º de junho, 100 casos confirmados em Cachoeirinha. A Prefeitura confirma a realização de 676 testes, ou 0,52 da população. Aplicando a proporção de contágio nos 130 mil habitantes, chega-se a potenciais 19.230 infectados – potenciais, reparem.

    Entre março e abril Cachoeirinha tinha 18 casos. Só em maio, mês da reabertura das atividades econômicas, foram 82. Ou 8 a cada 10 dos infectados foram identificados nos últimos 30 dias.

    Cachoeirinha testou bem mais que Gravataí – que não aplicou testes em mais de 500 dos 281 mil habitantes, e mesmo assim registrou crescimento exponencial em maio, como tratei neste domingo em O ‘urubu da imprensa’ errou, para menos; contágio em Gravataí cresceu 245 por cento –, o que só confirma o óbvio: mais gente exposta, mais testagem, mais casos.

    O Mapa Brasileiro da COVID-19 mostra que o índice de isolamento social no Rio Grande do Sul na última semana foi de 40,1%. No fim de março, quando a pandemia começava a se expandir pelo país, os índices nos três estados chegavam a quase 60%.

    Aplicando os dados em Cachoeirinha, até março 78 mil dos 130 mil habitantes estavam em casa, e 52 mil nas ruas. A proporção simplesmente se inverteu.

    Ao fim, é a ‘ideologia dos números’ evidenciando que o distanciamento controlado do Governo do RS, que classifica o município na bandeira laranja, de risco médio, desponta como um experimento descontrolado.

    O Conselho Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul tem o mesmo diagnóstico, em nota na qual usa os termos “ilegal e temerário” e critica inclusive a ciência usada no modelo, com “embasamentos técnicos e científicos eivados de ilegalidades” e que termina com o isolamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) “e praticado por todas as nações que defendem a vida de seus cidadãos”.

    Como mostrei em ’Gripezinha’, ’carreatas da morte’, Páscoa, reabertura e Dia das Mães; a progressão da COVID 19 em Gravataí e Cachoeirinha, a incidência da COVID-19 cresceu 80% em todo RS após a flexibilização do isolamento social. O coeficiente de incidência do contágio passou de 33,0 por 100 mil habitantes na semana passada para 59,6.

    – Os números mostram que o contágio cresceu com mais gente nas ruas, mas também porque testamos mais. E temos mais de 80% dos pacientes recuperados – disse o prefeito Miki Breier em live na manhã desta segunda, que você lê clicando aqui.

    Ao fim, aí resta a nota positiva: 84% estão recuperados e Cachoeirinha não registra nenhuma morte. Mas o vírus, essa cobra silenciosa, está entre nós – e pode picar.

     

    LEIA TAMBÉM

    Pesquisa mostra aprovação a medidas de Miki na pandemia; siga na íntegra

    Cachoeirinha supera Porto Alegre em incidência da COVID; um dia de 23 confirmações

    A epidemia de ’secadores de hospital’ em Cachoeirinha

    Miki e o exercício do erro; abrir academias antes do comércio não pega bem

    Miki: não serei o prefeito lembrado por contar corpos; Cachoeirinha tem primeira confirmação de COVID 19

    A Câmara de Cachoeirinha não é solidária nem na COVID 19

    Gravataí, Cachoeirinha e Viamão tem mais casos de COVID 19 que UTIs; o 11 de setembro

    As noites de Miki sem dormir

    Clique aqui para ler a cobertura do Seguinte: para a crise do coronavírus

     

    • cachoeirinha
      Dona Nadir, 70 anos, teve alta da COVID
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Homofóbico não é o Miki, é você; a bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morte aos 48; já são 8 em 7 dias
      por Redação
    • gravataí
      É frágil parecer do TCE que reprova contas de Marco
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Com COVID, Gelson grava vídeo chocante
      por Rafael Martinelli
    • política
      Anabel age conforme prega
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki limita horário para bares e festas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí libera atividades não-essenciais
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.