notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 17/11/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Prefeito Marco Alba (ao centro) assinou decreto de desapropriação de terreno e liberou a área para Cláudio Zaffari (à sua direita) mandar acelerar os tratores na parada 60 da Dorival de Oliveira

    Publicado decreto da desapropriação da área para o Zaffari

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 06/11/2017 às 18h15| Atualizada em 11/11/2017 às 14h46

    Não tem muita novidade, até porque o Seguinte: já havia anunciado que seria através de um decreto e na forma de desapropriação que a Prefeitura de Gravataí assumiria os 3,2 hectares necessários à construção das ruas que faltam no terreno onde o Grupo Zaffari planeja colocar cerca de R$ 300 milhões para construção do seu powercenter.

    Se não deu certo de um jeito – acerto amigável – que seja de outra forma. E a prefeitura de Gravataí, como prometeu o secretário Luiz Zaffalon, da pasta da Habitação, Saneamento e Projetos Especiais. Agora à tarde o prefeito Marco Alba (PMDB) assinou decreto desapropriando a área para o empreendimento do Zaffari.

    Antes de anunciar a medida à imprensa, Alba se reuniu com o diretor do Grupo Zaffari, o empresário Cláudio Zaffari, mais Zaffalon, o secretário Cláudio Santos (de Desenvolvimento Urbano) e o procurador-geral Jean Pierry Torman (desde hoje também secretário municipal da Saúde).

    --- Vamos nos reunir só mais uns minutinhos aqui para acertar uns detalhes e já conversamos com vocês (jornalistas) --- disse o prefeito Marco Alba quando a imprensa foi chamada para fazer o registro fotográfico da assinatura do decreto de desapropriação.

     

    CONHEÇA O DECRETO 16.366, clicando aqui.

    (localize o decreto pelo número e clique na aba à direita para abrir o arquivo em PDF ou leia o decreto reproduzido na íntegra abaixo)

     

    Encontro de contas

     

    Pelo que explicou o procurador e secretário Jean, e como o Seguinte: já havia antecipado, a administração municipal não vai desembolsar valores na transição da área entre antigos proprietários-prefeitura-Zaffari.

    O valor equivalente ao terreno que vai ser destinado ao arruamento vai ser descontado do montante devido aos cofres públicos na forma de impostos, cerca de R$ 3 milhões, principalmente do Predial e Territorial Urbano (IPTU).

     

    LEIA TAMBÉM:

    COLUNA DO SILVESTRE | Agora é o Asun que vai construir seu shopping

    Tchau para o Big, Nacional e Maxxi

     

    Em dois meses

     

    Agora, a contar da publicação do decreto de desapropriação e encaminhamento à Justiça, vai ser necessário esperar de 30 a 40 dias, segundo estimativa de Jean Torman, para que sejam cumpridas todas as formalidades no âmbito do Judiciário e na transferência da propriedade no cartório de imóveis.

    --- Em no máximo dois meses vamos acelerar os tratores --- disse Cláudio Zaffari, depois de explicar que este é o prazo, também, para apresentar a documentação de licenciamento ambiental e projetos técnicos nos órgãos competentes da Prefeitura.

    O empresário garantiu que tão logo as ruas estejam prontas elas serão liberadas ao tráfego de veículos em geral, ligando a Dorival de Oliveira, altura da parada 60, com a Marechal Rondon e a Zona Norte de Cachoeirinha.

    Cláudio Zaffari não quis estabelecer prazo para o início efetivo das obras de implantação da esperada unidade da rede Zaffari de supermercados em Gravataí, mas assegurou que tudo vai ser feito no menor espaço de tempo possível porque este também é o interesse do grupo empreendedor.

    O prefeito Marco Alba, ao mesmo tempo em que lamentou o tempo perdido na busca de uma solução para o impasse criado com o condo mínio proprietário da área que agora foi desapropriada, comemorou o desfecho e disse que se trata de um investimento que é importante para toda a comunidade.

    --- A vinda deste complexo para Gravataí é extremamente benéfica, pois gera emprego, renda e valoriza toda a região. As obras de infraestrutura viária garantem maior mobilidade e fluxo, sendo parte importante do projeto.

     

    LEIA TAMBÉM

    MINUTO SEGUINTE | Prefeito desapropria área que falta para o Zaffari

    EXCLUSIVO | Cláudio Zaffari fala sobre hipermercado em Gravataí

    Zaffari já pode mandar abastecer os tratores

     

    OUÇA O ÁUDIO NO PODCAST clicando aqui.

     

    Assista no vídeo abaixo o que disseram os personagens envolvidos na liberação da área para que o Zaffari retome a obra de R$ 300 milhões na parada 60 da Dorival de Oliveira.

     

    • pequenas empresas, grandes histórias
      COM VÍDEO | Lentes que retratam vidas
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saúde
      Frente de prefeitos reage a saída de médicos cubanos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Hoje até vereador comemora médicos indo embora
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Todo sábado é dia para adotar um pet na Sperk
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • meio ambiente
      COM VÍDEO | A nossa lista vermelha da extinção
      por Eduardo Torres
    • trânsito
      Fim da tranqueira no trânsito está mais próximo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Saída de médicos cubanos é desastre para Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      OPINIÃO | Não façam Bordignon ’Miss Colômbia’ outra vez
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Cobrança pela água do Gravataí pode gerar R$ 9 mi em um ano
      por Eduardo Torres
    • desejo azul
      Gremistas entregam alegria para crianças doentes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • seu bolso
      OPINIÃO | Silvio Santos é um velho babão
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Asfalto em 33 ruas é símbolo para governo Miki
      por Rafael Martinelli com assessoria
    • educação
      OPINIÃO | O big brother da escola sem partido em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • história
      A história da Cachoeirinha do primeiro pedágio
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      ‘Jardins do pesadelo’ estão perto do fim?
      por Silvestre Silva Santos
    • política
      OPINIÃO | 25 nomes para prefeitura de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • polícia
      Jovem executado por engano em hospital era de Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • vereadores
      Quem leva a presidência da câmara de Gravataí?
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      OPINIÃO | Aumento para os vereadores? Não recomenda-se
      por Rafael Martinelli
    • 2020
      OPINIÃO | A sucessão nas mãos de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.