notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 21/11/2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    poema de era

    Atentem - o por vir será 1984

    por Cidade | Publicada em 10/11/2017 às 17h49

     

    Seremos todos trancados

    Em edifícios de concentração

    Para o nosso bem-eles dirão-em breve

    Seremos abençoados

    Com a oração roubada

    Escrita por parademonios bem assessorados

    Seremos presos em cárcere privado

    Por que além da bíblia lemos outro livro

    Não beijarei mais meu filho em público

    Nem mais beijarei meu pai

    Não mais catarei minhas esperanças

    Passando minha mão em teus cabelos

    Nunca mais além de hinos

    Cantaremos de novo

    E aos nossos algozes sempre teremos de dizer

    Como comprimento

    PRAZER EM VÊ-LO, ME HUMILHAR DE NOVO, PRAZER EM VÊ-LO.

    E estaremos todos em casa ao toque de recolher

    Que tem som de sinos

    Seremos assim, de crimes, isentos.

    Nunca mais usaremos a palavra coração

    Senão em termos médicos

    Não haverá mais sexo

    Nem consolo, nem consolos

    Tudo será dolo

    Toda verdade será sem nexo.

    Acordaremos, chorando baixinho

    Rezaremos a oração nos dada

    Nas escolas, nos empregos, nos supermercados

    E acusaremos aquele que usou a palavra AMOR

    Sem especificar o gênero

    Afinal AMOR e´efemêro. eles dirão-

    E mataremos o cético

    Assim seremos isentos.

    Teremos ódio óbvio

    Por que sentimos falta das nossas dores.

    A pista de dança está fechada

    Foram feitas alianças

    Temos um só canal

    Pra adultos e crianças

    Por que partilhamos da mente universal

    Temos os perfumes, sentimos falta dos odores

    Estamos felizes demais como manda a lei

    Dos ditadores pastorais

    Mas eu não terei compaixão, meu amor

    quando for em lágrimas

    Colocarei meus fones de ouvido

    Ficarei sozinho, ouvindo o discurso do partido

    Que diz como deve agir o bom marido.

    Não nos e´ permitido lástimas

    Nem carinho.

    • minuto seguinte
      Guru espiritual de prefeito é da Morada do Vale
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • Enart 2017
      Paulo Adriane é o tempo do CTG Aldeia, no Enart, 30 anos depois
      por Silvestre Silva Santos
    • minuto seguinte
      Prefeito assina ordem para duplicar a 030
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • música
      Curtindo a Evellyn Pires ela vira diva
      por Redação
    • proerd
      Quando PM é professor contra drogas e violência
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • morte da bailarina
      Mãe de Alaíde chora e espera por justiça
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • aline dos cartazes
      Histórias de detetive particular
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.