>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 12/12/2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do nenê

    Facebook e Google. Ajudam ou atrapalham?

    por Nenê Zimmermann | Publicada em 02/12/2017 às 18h54| Atualizada em 03/12/2017 às 22h02

     

    ACLAMADOS

    Em reunião realizada nesta quinta-feira (30-11), na sede da ARP, foi aclamada a nova diretoria composta por Liana Bazanela, Executiva da DeBrito Sul (presidente); Cado Bottega – Diretor de Inteligência Criativa da CDN Comunicação (1º vice-presidente); Renata SchenkelDiretora Nacional de Midia/Digital e Projetos do Grupo Competence (2ª vice-presidente) e Renato Mesquita, Diretor de Comercialização e Marketing da RBS TV RS (secretário geral).

    Essa é a 27ª diretoria eleita em 61 anos de existência da ARP. A nova diretoria será apresentada ao mercado no dia 7 de dezembro, durante o jantar da propaganda e a posse será em janeiro. Desejamos muito sucesso aos novos comandantes da entidade.

     

    ÚLTIMAS VAGAS

    Dos 650 lugares disponíveis para o Jantar da Propaganda, restam apenas 60 ingressos.

    Restam apenas 100 lugares para o meeting, que acontece terça-feira (5/12), das 9hs às 20hs no BarraShopping. As vagas são limitadas em 400 e não tem como ampliar. Informações: semanaarp.com.br

     

    GAV

    Quarta-feira (6/12) das 9hs às 21hs no auditório da ARP – Tobias Barreto, 120.

    Presente na semana ARP com duas palestras que virarão um talk show, imperdível!

    Título 1 do workshop da Helena: Liderança por propósito

    Título 2 do workshop do Cláudio Senna: Despertar do Eu integral para a criatividade

     

    : Helena Brochado é psicóloga (PUC) com MBA em Gestão Empresarial (FGV), formação em Coaching Ontológico e Maiêutico, Especialista em Dinâmicas de Grupo (SBDG), mediadora de conflitos (Ajuris) e mentora (PUC). Atua há mais de 15 anos em RH. Trabalhou em empresas como Terra, NET Serviços e Kley Hertz Farmacêutica, que sob sua gestão no RH foi reconhecida 4 vezes uma das Melhores Empresas para Trabalhar; Conquistou 3 Top Ser Humano (ABRH RS) – Programa de Desenvolvimento de Líderes, Implantação do Modelo de Consultoria Interna de RH e Gestão do Clima Organizacional – e 1 Top Ser Humano Nacional (ABRH Brasil). Atualmente é consultora e diretora da Helena Brochado Desenvolvendo Pessoas, consultoria especializada em conectar pessoas em resultados através de palestras, coaching, treinamentos de desenvolvimento para equipes e gestores e sucessão de empresas familiares.

    Claudio Senna possui graduação em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002) e Doutorado no PPGA da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor titular da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Gestão Socioambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação para a sustentabilidade, Espiritualidade nas organizações, Gestão Ambiental, estratégia sustentável, prosperidade sustentável e Ecodesign.

     

    SEMANA ARP 2017

    Terça feira começa a Semana ARP, premiação que acontece todos os anos, nesse evento a Associação Riograndense de Propaganda prestigia os publicitários que mais colaboraram para que o mercado publicitário reagisse e se mostrasse capaz.

    Prestigiem os workshoppings dos grupos e clube de criação no auditório da ARP e os meetings(10) no BarraShoppingSul.

    Essa semana também representa a união de pessoas que trabalham duro para fazer do RS um estado que está sempre se reinventando e fazendo acontecer.

    Sabemos que cada um tem o seu valor e que todos deveriam ser premiados.  Com muito esforço e dedicação ainda serão reconhecidos no grande jantar do dia 07 no BarraShoppingSul.

    Parabéns galera que foi indicada, vocês merecem muito!

     

    CHAMPANHARIA

    1. A Champanharia Natalício do amigo Ciro Vives, no BarraShoppingSul, estará dando um desconto de 15% no almoço da próxima terça-feira, aos participantes do meeting.

    2. Acontece amanhã, 02 de dezembro, na Champanharia Natalicio, a 3ª Edição da Festa Back to the 80’s, a partir das 23h00. A Back to the 80’s traz um novo conceito de festa em um espaço inovador, com toda a segurança e comodidade de um shopping.

    A temática musical será toda voltada para os maiores sucessos nacionais e internacionais dos  anos 70, 80 e 90, com muito Smiths, Pet Shop Boys, The Cure, TNT, Barão Vermelho, RPM, entre outras, embaladas pelo DJ Luciano Costa em um ambiente naturalmente elegante.

    Os convites antecipados estão à venda a R$35,00 no local, pelo fone 3028.1077, ou nas lojas Del Mondo do Barra e do Praia de Belas Shopping. Na hora convites no local a R$45,00.

     

    MISSA

    No dia 4 de dezembro, no Dia Mundial da Propaganda, às 18h30min na Catedral Metropolitana de Porto Alegre será celebrada uma missa de ação de graças, promovido pela ALAP – Associação Latino-Americana de Publicidade com o Apoio das demais entidades representativas da indústria comunicação.

     

    ALERTA:

    O Brasil é o país que se sente menos desconfortável com avisos de dívidas enviados pelas redes sociais, segundo a FICO, multinacional americana de tecnologia.

    Menos da metade (43%) dos consultados dizem que não ficaram confortáveis em receber alertas por Facebook e Whatsapp. Foi o menor percentual entre nove países analisados. Ao todo, 3.600 pessoas foram ouvidas

    Por onde brasileiros preferem receber alertas de dívidas, em %:

    E-Mail – 27,6%

    SMS – 27,3%

    Aplicativo – 13,9%

    Correio – 13,5%

    Celular 9,6 %

    Telefone Fixo – 8,1%

     

    DA DEFESA PARA O ATAQUE

    Mais um indício de que o pior momento da crise econômica pode ter ficado para trás: as empresas estão mudando suas estratégias. Uma pesquisa conduzida pela consultoria de negócios paulistana AGR, com 5.600 executivos de 2.922 empresas, mostrou que nos últimos 12 meses a diretoria esteve preocupada em otimizar, os recursos e os processos, numa fase que ficou caracterizada por “fazer mais com menos”. Cerca de 41% dos entrevistados apontaram que esse era o maior objetivo da empresa no passado. Para os próximos 12 meses, no entanto, o foco está em aumentar as receitas do negócio. Essa foi a alternativa escolhida por 53% dos entrevistados. A maioria deles 73%, acredita que o aumento das vendas virá do mercado interno; 11% das exportações; e 16% dos processos de fusão e aquisição. “Nos últimos dois anos, as empresas estavam reduzindo despesas e pessoal”, diz Ana Paula Tozzi, presidente da consultoria. “Agora, elas já começam a pensar em lançar novos produtos e revisitam os planos de expansão que estavam guardados nas gavetas”. Enfim, as companhias estão saindo da defensiva e partindo para o ataque.

     

    OS DONOS DA GRANA

    Uma pesquisa da consultoria britânica Euromonitor chama a atenção para o potencial de consumo dos adultos com idade de 45 a 59 anos. Em todo o mundo, essa é a faixa etária que detém a maior renda média, por motivos como o alcance de um melhor posto no mercado de trabalho ou o acúmulo de patrimônio. Ou seja:  eles são os donos da grana. E os dados mostram que a quantidade desses adultos com o bolso cheio vai crescer 17% em todo o mundo, passando de 1,2 bilhão para 1,4 bilhão de pessoas entre 2016 e 2028.

     

    A FORÇA DOS EVANGÉLICOS

    Os votos e os recursos do público evangélico podem fazer a diferença na próxima eleição para presidente da República – a primeira depois da aprovação da reforma política, que restringe os financiamentos de campanha. Os devotos representam cerca de 30% dos eleitores no Brasil, e as igrejas evangélicas do país arrecadam aproximadamente 25 bilhões de reais por ano com doações, de acordo com estimativas da consultoria Mosaico, especializada em política e economia. O pré-candidato mais próximo desse público é o deputado federal Jair Bolsonaro- que foi batizado em Israel. No ano passado, pelo pastor Everaldo Dias, presidente do partido PSC.

     

    ONDE ESTÁ O CRESCIMENTO?

    A economia brasileira entrou em uma rota de recuperação da maior crise de sua história. Mas muitos brasileiros ainda não sentem a melhora da situação no dia a dia e duvidam que uma virada esteja em curso. Onde está a tão falada retomada? Um estudo da consultoria econômica 4E responde a essa pergunta. Os dados mostram que, neste ano, o crescimento está mais concentrado nas regiões Centro-Oeste e Sul do país. A economia brasileira como um todo deve ter um leve avanço de 0,8% em 2017, enquanto 0 Centro-Oeste deve apresentar crescimento de 2,3%, e o Sul, de 1.8%. “O resultado decorre do ano extraordinário do agronegócio, com uma safra recorde”, diz Alejandro Padrón, economista da 4E, responsável pelo levantamento. O ano de 2018, no entanto, será de ressaca para a agricultura. Segundo as projeções do governo, o setor de grãos terá uma produção 4% inferior à deste ano, trazendo resultados mais modestos para o Centro – Oeste. “Em 2018, os serviços e a indústria começam a ganhar tração, pela melhora do mercado de trabalho e pela recuperação da renda do consumidor, beneficiando as regiões Sul e Sudeste.”, diz Padrón. O Sul deve crescer mais: 2,2% em 2018, enquanto a economia do Sudeste deve avançar 1,8%. O Norte e o Nordeste, por sua vez, entraram mais cedo na crise e são as regiões que registram a retomada mais lenta neste ano. Segundo a 4E, elas dependem mais de gastos públicos, e os governos estão num processo de ajuste fiscal. Mas em 2018 a vida deve ficar um pouco melhor, especialmente para os nordestinos.

     

    MAIS DINHEIRO NÃO FAZ UM PROFESSOR SER MELHOR

    Se existe uma país onde professor é celebridade, esse lugar é a Finlândia. E um dos nomes mais notórios do país é o educador Pasi Sahlberg, ex-professor da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. Autor de quatro livros, e ex-professor de matemática foi conselheiro do Ministério da Educação finlandês e viaja o mundo compartilhando as experiências do sistema educacional de seu país.  Sahlberg é crítico dos atuais modelos de pagamento de bônus para estimular professores. “Quem defende isso não entende nada de educação. Professor quer reconhecimento social, respeito e confiança da sociedade”.

     

    MOBILE

    Aqui vão algumas dicas de anúncios que servirão para alcançar uma performance melhor nas campanhas de final de ano:

    1) Geolocalização — Ao utilizar o GPS, essa tecnologia mundialmente reconhecida permite impactar o usuário onde ele está e em tempo real, com segurança e transparência. São diversas oportunidades com esse recurso como uma estratégia de oferecer desconto para usuários que estejam em lojas concorrentes às de sua marca, ou mesmo em seu próprio varejo.

    2) Geo audience — O histórico do deslocamento do usuário diz muito sobre seus interesses e hábitos. Esse recurso utiliza o GPS que gera e armazena dados seguros e transparentes, para serem utilizados na entrega de campanhas. Além de impactar de acordo com a localização em tempo real, uma estratégia vencedora tem sido identificar potenciais clientes com base nos locais que visitaram nos últimos 30, 60 e 90 dias.  Por exemplo, um usuário que frequentou concessionárias ou visitou estandes de imóveis.

    3) Push notifications — Para se destacar na tela do usuário, é preciso apostar em formatos diversificados de anúncio. O push notifications é um formato matador pela capacidade de segmentação assertiva e de identificação do usuário onde ele está, conectando-o com suas necessidades de consumo/relevância, sem que precise estar navegando em nenhum site ou aplicativo.  O recurso foi o diferencial, por exemplo, da campanha “Bossa in Blue”, para a marca Johnny Walker.

    4) Vídeos — Esse é o formato que mais tem crescido em consumo e engajado os usuários. No entanto, se a experiência for negativa, por exemplo, se o vídeo demorar a carregar ou a qualidade não for boa, o usuário se vai. Já existem soluções como o Instant-Play de Adcolony, parceria da Adsmovil, que permitem a compressão e o pré-carregamento de vídeos em segundo plano nos dispositivos móveis, garantido a reprodução automática, sem falha no carregamento, corte ou perda de qualidade, melhorando as taxas de conclusão e resultados efetivos em mobile.

    5) Uso de DCO technology — Muito já se falou sobre como o mobile possibilita impactar as pessoas na hora certa, no momento exato e com a mensagem correta. E, de fato, com o uso adequado de dados e tecnologia, é possível colocar em prática esse conceito, com recursos como criativos dinâmicos (DCO technology), que entregam determinada peça de acordo com o local, horário e clima. Um bom exemplo é a campanha para a marca de café colombiana Juan Valdez, que disparava diferentes mensagens, por exemplo, sugerindo bebidas geladas quando a temperatura estava alta e vice-versa.

     

    SBT DIGITAL

    A emissora de TV vem fazendo um belo trabalho no Youtube, onde já conta hoje com 46 canais na plataforma e faz um sucesso absurdo com suas novelas e tramas para o público infanto-juvenil.

    De acordo com o executivo da área de multiplataforma, essa estratégia da web foi idealizada com a premissa de que a internet nunca foi uma concorrente da TV aberta. “A presença de nosso conteúdo, nas diferentes plataformas, nos permite atender melhor às necessidades de nossa audiência e clientes, aumentando sua fidelização”, conta Marti.

    O executivo também conta que o SBT conta com apoio direto do Google, com quem realiza treinamentos e conversas para o desenvolvimento de novas soluções e tecnologias.

     

    SPR

    Um total de 345 escolas participantes de 175 municípios gaúchos e 1.210.841 votos populares. Esse é o resultado do concurso Tamo Junto com a CIPAVE – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar, programa do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, cuja campanha leva assinatura da SPR. A votação expressiva e a intensa participação dos estudantes e das escolas surpreenderam os organizadores do concurso.

    Com o objetivo de promover a cultura da paz e a valorização da escola pública, por meio da prevenção de conflitos e do combate ao bullying, o concurso desafiou os alunos das escolas da rede estadual e municipal a produzir um vídeo, no formato lip sync (com técnicas de dublagem). Para engajar a comunidade escolar, a ideia era que os estudantes produzissem um vídeo inspirado no comercial da campanha, utilizando o jingle “Chama, junta, debate e faz”, também de autoria da SPR e que enfatiza a união promovida pela CIPAVE entre as diferentes organizações e a comunidade escolar.

    Os 10 primeiros colocados tiveram os seus vídeos exibidos no site cipave.rs.gov.br e na página do Governo do Estado. As três escolas vencedoras ganharam premiações especiais, troféus e tiveram ainda seus vídeos exibidos em veículos da grande mídia, sendo o vídeo da escola campeã – o Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, de Estrela, com 267.580 votos – exibido no intervalo do programa Fantástico, da Rede Globo. Confira o vídeo vencedor neste link: https://youtube.com/watch?v=mkiops0m6EQ. A premiação das vencedoras aconteceu no dia 19 de novembro.

     

    IMPACTO

    O estudo foi realizado para que ficasse claro como jovens e adultos entendem e sentem filmes publicitários segundo metodologia que analisa o padrão de ondas cerebrais e monitora o movimento dos olhos e o padrão de fixação do olhar. Foram analisados jovens de 18 a 30 anos, homens e mulheres, das classes A, B e C, enquanto que o recorte de adultos incluiu participantes de 31 a 50 anos, homens e mulheres, das mesmas classes.

    O estudo “Gerações – O impacto da comunicação no cérebro de jovens e adultos” mostra como fatores relacionados ao conteúdo e forma da publicidade podem interferir diretamente na maneira como o cérebro reage, segundo os índices neurais de atenção, motivação e memorização. A pesquisa aponta que jovens são mais curiosos e campanhas com propósitos e elementos culturais apresentam melhor performance para os millennials quando inseridas na publicidade.

     

    TIME

    Responsável pelas revistas Time, Sports Illustrated e Fortune, a Time Inc. foi vendida para o Grupo Meredith.

    Parte da negociação foi avaliada em 2,8 milhões de dólares deve ser paga pelos irmãos Charles e David Koch. Agora a companhia dos Koch tem a possibilidade de além de ser forte no meio impresso, estar presente no meio digital, cuja Time conta, apenas nos Estados Unidos, com mais de 170 milhões de visitantes mensais.

     

    FACEBOOK E GOOGLE. AJUDAM OU ATRAPALHAM?

    A Folha de São Paulo publicou nesta terça-feira uma entrevista feita por telefone com o historiador escocês Niall Ferguson, autor do livro “Civilização”, durante um evento em Singapura, onde ele disse não estar nada otimista em relação a crise brasileira.

    Durante a entrevista o historiador disse que “a promessa do Vale do Silício era que as redes sociais gigantes on-line fariam o mundo melhor, mas não saiu bem assim”. Ainda de acordo com ele, “fomos ingênuos de acreditar nisso”.

    Ferguson dá como motivo também a queda do preço das commodities, porém diz que a crise econômica brasileira está chegando ao fim, o que o realmente preocupa é a crise política. Também ressalta que o que todos devem esperar é uma repetição do que aconteceu ano passado com os EUA, quando a mídia social teve um papel decisivo na eleição de Donald Trump, ou seja, o candidato que compreender melhor como usar as plataformas digitais terá uma chance muito forte de vencer.

    Segundo ele: “banqueiros centrais estão usando modelos ultrapassados de funcionamento da economia, procurando a Curva Phillips (relação inversa entre inflação e desemprego) quando este é um mundo muito deflacionário, por causa da tecnologia”.

    Voltando ao ponto em que falou sobre a disseminação de ódio nas redes sociais, ele destaca que o que o preocupa é que essas revoluções em conduta têm propensão ao exagero (casos de assédio por figuras públicas em HollyWood), quando o ‘New York Times’ publica um artigo que sugere que todos homens são estupradores já estamos numa quadra ruim, uma espécie de sexismo reverso.

    Finaliza dizendo que: “o que não previ, há cinco anos, foi a extensão com que Facebook, Twitter e os demais polarizariam o debate político de forma tão extrema, a ponto de estarmos nos tornando uma sociedade incivil em que as pessoas são estimuladas a serem abusivas no debate online.

     

    HAVAN

    Investir 300 milhões em novas lojas só em 2018 não é coisa pouca. É o que a Havan está querendo, expandir e aumentar seu número de lojas ao redor do Brasil.

    Pelos planos da empresa, em 2018 inaugurará oito operações em Santa Catarina (onde fica a sede), duas em São Paulo, uma em Roraima e outra na Bahia.

    Luciano Hang, diretor executivo da Havan nos explica que: “O investimento mínimo em cada novo empreendimento é de R$ 20 milhões, mas pode chegar aos R$ 40 milhões”.

    A rede possui lojas em ruas e em shoppings, nas capitais e nas cidades do interior. Cada unidade da Havan emprega entre 150 e 200 pessoas. Em 2018 serão ao menos 1.800 contratados.

    AGORA LÁ VEM A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR:

    POR QUAL MOTIVO O ÚNICO ESTADO QUE NÃO TEM NEM SEQUER UMA LOJA DA HAVAN DEVE SER O RIO GRANDE DO SUL?

    Me falem vocês… Eu já não duvido mais de nada. 

    • coluna do silvestre
      Chineses botam os pés na aldeia com nova fábrica
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • lance de craque
      Colorados trazem o ídolo DAlessandro à Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • coluna do martinelli
      10 efeitos da nova filiação do Dr Levi
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Prefeitura quer o fim das raves em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Algo para conter massacre de jacarés no Rio Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • inclusão
      Cega luta para reativar a associação
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Até oposição parabeniza Jones por seus votos
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como o bilhão da GM tem seduzido investidores
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • câmara
      OPINIÃO | Sem pizza na CPI do Ipag, por favor
      por Rafael Martinelli
    • pps
      O partido que abriu as portas para Anabel e Dilamar
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.