notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/10/2017

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    Cachoeirinha

    Prefeito eleito, Miki Breier, de terno cinza | Fotos ELIANE MARTINS e SILVESTRE SILVA SANTOS

    Miki anuncia enxugamento da máquina administrativa e primeiros secretários

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 01/11/2016 às 17h57| Atualizada em 03/11/2016 às 22h25

    Sem pompas. Só com cafezinho mesmo. Foi assim que o deputado estadual e prefeito eleito de Cachoeirinha, Volmir José Miki Breier (PSB), recebeu a imprensa na tarde desta terça-feira (1º/11) na Sala Sarmento Leite, na Assembleia Legislativa gaúcha. O encontro foi para anunciar os dois primeiros secretários do seu governo, que começa dia 1º de janeiro, e as primeiras medidas de austeridade para colocar as depauperadas finanças da prefeitura cachoeirinhense em dia.

    Miki, que se elegeu prefeito de Cachoeirinha com 34.369 votos (57,77%) no dia 2 de outubro, escolheu a assembleia para fazer os anúncios alegando que ainda é deputado estadual - no seu terceiro mandado - e que a terça é dia de expediente normal na casa em que tem assento desde 2007. Ele chegou à coletiva de imprensa marcada para as 13h30min com pontualidade quase britância, às 13h32min.

    Já o vice eleito, Maurício Medeiros (PMDB), levaria um puxão de orelhas da rainha Elizabeth: chegou às 13h42min, acompanhado do presidente do seu partido em Cachoeirinha, Nilo Moraes, e do eterno assessor de Miki Breier onde quer que Miki esteja, Juliano Paz. O ainda deputado falou cerca de 15 minutos antes de ser sabatinado pelo Seguinte: e mais dois jornalistas que foram à capital.

     

    Os cortes

     

    A primeira medida de impacto com a finalidade de colocar ordem nas finanças municipais vai ser o corte no número de secretarias municipais, de 19 para 12. Funções que hoje estão em diferentes pastas serão reunidas sob um mesmo guarda-chuva para enxugar a administração.

    Também no dia 1º de janeiro ele vai determinar o corte de 47 postos de Cargos em Comissão, os populares CCs, com salários de R$ 2.678,00 cada. Só aí Miki – que no próximo dia 18 completa 51 anos – espera economizar R$ 1,3 milhão em 2017.

    Outra decisão é não fazer nomeações para todas as 248 vagas previstas em lei para Cargos em Comissão, os CCS. No máximo serão chamadas 150 pessoas para estas vagas, ampliando a economia (redução de secretários, FGs e CCs) para algo em torno de R$ 2,5 milhões.

     

    Menos erros

     

    Sem fazer uma crítica direta ao seu correligionário, presidente municipal do PSB e ainda prefeito Vicente Pires, mas já fazendo a crítica, o futuro mandatário disse que a intenção do seu mandato é sanear as finanças “errando menos”.

    --- Na nossa campanha trabalhamos muito a questão de uma gestão qualificada, com participação mais efetiva da comunidade já que sentimos, durante a nossa caminhada e nos debates, que todos os segmentos querem participar do processo de gestão. Vamos ouvir as pessoas para poder errar menos. Quem ouve mais talvez tenha menos possibilidade de erros --- alegou.

    Ele também falou que quer aprofundar o processo de transparência administrativa, elogiando o que já vem sendo feito neste sentido, de modo que a comunidade possa acompanhar com maior rapidez todos os detalhes financeiros e atos administrativos do governo.

     

    Dívida & salários

     

    Miki Breier e - o ainda vereador - futuro vice-prefeito Maurício Medeiros literalmente evitaram falar no montante das dívidas que vão herdar de Vicente. Se fosse um prefeito adversário, certamente contariam, até como uma forma de prevenir a população para um bem possível não cumprimento de certas promessas alegando, justamente, dificuldades de caixa.

    Sobre a dívida, Miki deu apenas duas informações. Uma, que vai tratar de repactuar prazos com fornecedores. E a outra:

    --- É pagável. Podemos pagar e vamos trabalhar para isso.

    Quanto ao salário do funcionalismo, o prefeito eleito disse que sua prioridade, assim que chegar ao cargo, é fazer com que todos recebam em dia.

    --- Não sei se vou poder, mas vou me esforçar e vamos fazer o possivel para pagar em dia --- garantiu.

     

    Orçamento

     

    O ano de 2017 não deve ser dos melhores para a municipalidade de Cachoeirinha. A contar pela proposta orçamentária aprovada na Câmara de Vereadores, de R$ 358 milhões. O valor é praticamente o mesmo do atual exercício financeiro, que se encerra em 31 de dezembro.

    O vereador e vice eleito explicou que a repetição das cifras é resultado do atual momento econômico-financeiro enfrentado em âmbito nacional tanto pela iniciativa privada quanto, e principalmente, pelo poder público em todas as esferas.

    --- A gente está passando por um momento de sérias dificuldades no país todo e Cachoeirinha não está fora deste contexto --- disse Maurício.

    Sobre o orçamento do ano que vem, Miki Breier garantiu que já analisou os números e admitiu que podem ser feitas adequações e remanejo de verbas. Mas assegurou que isso só vai acontecer depois que assumir e se houver real necessidade.

    : Vice eleito, Maurício Medeiros, disse que orçamento de 2017 igual a 2016 é resultado da crise

     

    14 partidos

     

    Seriam 15 os partidos que ajudaram a eleger a dupla MM para a Prefeitura de Cachoeirinha, em outubro. Mas o PMN, que só tinha um candidato a vereador, só somou na coligação. Sequer as reuniões das segundas-feiras, realizadas com a finalidade de planejar o governo, tem representante da agremiação.

    Com o enxugamento das secretarias, dos FGs e CCs, resta a incógnita: como o futuro governo vai acomodar os representantes dos 14 partidos a partir de janeiro?

    --- Nossa preocupação é prestar o melhor serviço à cidade, não vamos acomodar ninguém. Pelo contrário! Queremos desacamodar. Quem estiver acomodado não vai ter lugar no nosso governo --- avisou o futuro prefeito.

     

    As 12 secretarias de Miki e Maurício:

     

    - Governança e Gestão

    - Procuradoria-Geral

    - Infraestrutura

    - Cultura, Esporte, Lazer e Turismo

    - Segurança e Mobilidade

    - Assistência Social, Cidadania e Habitação

    - Planejamento e Captação de Recursos

    - Modernização Administrativa e Gestão de Pessoas

    - Fazenda

    - Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Sustentabilidade

    - Saúde

    - Educação

     

    Os dois primeiros secretários:

     

    Secretaria de Governança e Gestão: Juliano Paz

    Natural de Porto Alegre, mudou-se com os pais, em 1980, para a Morada do Vale, em Gravataí, onde reside até hoje. É formado como Técnico em Secretariado na Escola Mascarenhas de Moraes, de Cachoeirinha, e cursou Direito na UniRitter, em Canoas.

    Filiado desde 1995 no Partido Socialista Brasileiro (PSB), Juliano já exerceu diversos cargos nas esferas municipal e estadual. Atualmente é o secretário especial da executiva estadual do PSB. Foi vereador em Gravataí em 2004 e 2008 e entre 2015 e 2016 foi diretor geral e secretário adjunto da secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do governo do estado. Atualmente é chefe de gabinete do deputado Miki na Assembleia.

    : Juliano Paz, eterno assessor de Miki Breier

     

    Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos: Nilo Moraes

    Bacharel em Direito, Nilo é professor da rede estadual, Técnico em Contabilidade, e graduando em Arquitetura e Urbanismo. Presidente do PMDB municipal, é o atual secretário de Habitação da Prefeitura de Cachoeirinha.

    Foi diretor-presidente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Gravataí (Ipag), secretário de Administração na prefeitura de Gravataí entre 2014 e 2016, e antes foi secretário de Administração de Cachoeirinha (1989 a 1992).

    Também atuou como diretor na Câmara Municipal de Cachoeirinha, na Companhia Regional de Saneamento (Corsan), na Assembleia Legislativa, Trensurb, Rede Ferroviária Federal e na secretaria estadual do Trabalho, Cidadania e Ação Social.

    : Nilo Moraes, presidente do PMDB e vários cargos municipais e no estado.

     

    Primeira dama

    O prefeito eleito Miki Breier disse que sua companheira, a acadêmica de Direito Vanessa Moraes, não ocupará cargo em seu governo.

    --- Vai se dedicar ao trabalho voluntário --- limitou-se a falar o prefeito eleito..

     

     

    • atentado
      Prefeito aciona cúpula da segurança e procurador-geral
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Atentado na Morada é Somália, não Paris
      por Rafael Martinelli
    • transporte urbano
      Usuário pode monitorar o ônibus municipal
      por Silvestre Silva Santos
    • minuto seguinte
      Pampas: sai a vida, entra o dinheiro
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • plus size
      Quem disse que mulher gorda não pode isso ou não pode aquilo?
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • minuto seguinte
      Jones anda que é só pauta boa
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • minuto seguinte
      Racha na base do governo Marco
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do silvestre
      Venda do HDJB está só pela fumaça branca
      por Silvestre Silva Santos
    • minuto seguinte
      Game Over, Cláudio Ávila está separado de Bordignon
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • minuto seguinte
      Vereadores cassados: TRE absolve em caso de laranjas
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • outubro rosa
      As vitoriosas deram um show de emoção
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • menos violência
      Na escola onde se promove a paz
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do martinelli
      PAMPAS SAFARI | Entre vida e morte
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • exclusivo
      Gerdau Johannpeter e o bairro-cidade de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • coluna do martinelli
      Marco pagou parcela do 13º antecipada
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • EXCLUSIVO
      Cláudio Zaffari fala sobre Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • em vídeo
      ENTREVISTA | Gravataí tem sua Dilma
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • dia dos professores
      O ser professor em 30 perguntas
      por Rafael Martinelli
    • data de fundação
      Saiba por quê o aniversário de Gravataí mudou
      por Silvestre Silva Santos
    • resíduos sólidos
      Plano Estadual pode impedir gigante do lixo em Glorinha?
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.