notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 24/10/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    câmara reprovada

    Ilustração de Morin

    Vereadores fizeram 10 mil votos a menos

    por Rafael Martinelli | Publicada em 05/10/2016 às 14h57| Atualizada em 08/10/2016 às 14h14

    14 dos 18 vereadores que concorreram à reeleição tiveram queda nominal em suas votações em relação à eleição de 2012.

    Foram 10.136 a menos.

    A média de votos dos vereadores, que em 2012 foi de 1.914 caiu para 1.736.

    Os votos válidos foram 4.210 a menor: 135.033 em 2012 e 130.823 nesta eleição.

     

    Dimas foi quem mais cresceu

     

    Quem mais aumentou a votação foi Dimas Costa (PSD), segundo mais votado de Gravataí. Passou de 1.726 para 2.880, seguido do campeão de votos, Paulinho da Farmácia (PMDB), com 801, do sexto colocado, Paulo Silveira (PSB), com 806, e do terceiro, Clebes Mendes (PMDB), com 680.

     

    Nadir foi quem mais perdeu

     

    Entre os eleitos, quem mais perdeu foi o mais votado na eleição anterior, Nadir Rocha (PMDB), que caiu de 3.500 para 2.450 – quebra de 1.050 votos.

    Roberto Andrade (PP) também perdeu bastante: 1.142 votos. Em 2012 fez 2.448, domingo recebeu 1.306.

    Outro bom de votos na eleição anterior, Alex Peixe (PDT), perdeu 682 votos. Tinha feito 2.150, agora recebeu 1.468.

     

    Dos não reeleitos, Juarez teve maior queda

     

    Entre os não-reeleitos, Juarez Souza (PMDB) teve a maior queda. Dos 3.291 da última eleição - ao lado de Nadir, o único a superar a barreira dos 3 mil votos, não repetida por nenhum candidato nesta eleição – caiu para 1.245, uma quebra de 2.046 votos.

    Carlito Nicolait (PSB), que em 2008 fez a maior votação da história de Gravataí à Câmara, com 5.002 votos, na derrota nesta eleição fez 626 votos. Perdeu 992 em relação a 2012, quando foi eleito com 1.618.
    Fred Pinho (PSDB) perdeu 804 votos. Eleito em 2012 com 1.436, em 2016 fez 632.

    Márcio Souza (PV), terceiro colocado em 2008 com 3.431 votos, caiu para 1.607 em 2012 e agora perdeu mais 655 votos, ficando somando 952 que não garantiram a reeleição.

    Maribel Wagner (Rede) também caiu. Eleita com 851 votos em 2012, agora fez 575, numa quebra de 276 votos.

    Gerson Rovisco (PV) perdeu 187 votos. Eleito com 1.058 votos em 2012, nesta eleição ficou de fora com 871.

     

    Perdas e ganhos entre os novos

     

    Entre os novos eleitos que já tinham concorrido sem sucesso em 2012, Jô da Farmácia (PTB) foi quem mais cresceu: 825 votos, de 1.111 para 1.986. Aureo Tedesco (PSDB) recebeu 555 votos a mais. Tinha feito 876, agora fez 1.445.

    Neri Facin (PSDB) aumentou 88 votos. De 907 em 2012 para 995 em 2016.

    Demétrio do Esporte (PDT) e Airton Leal (PV) garantiram a eleição reduzindo suas votações.

    Demétrio tinha feito 1.647 votos e agora recebeu 1.188. Perdeu 459. Airton de 1.595 caiu para 1.445, uma diferença de 150 votos.

     

    Insistência e queda

     

    Vereador na legislatura 2009-2012, Vail Correa (PSD) tentou voltar mas viu sua votação cair 1.164 votos. Tinha feito 1.720, recebeu agora 556.

    Zilon Espíndola (PMDB), suplente nas duas últimas legislaturas, caiu de 1.579 para 973 – 606 votos a menos.

     

    57% de renovação

     

    Mais da metade dos atuais vereadores não estarão na Câmara na legislatura 2017-2020.

    São nove caras novas entre os 21 eleitos.

    A renovação chega a 57%, contando os três parlamentares que não concorreram à reeleição.

    Excluíndo-os da conta, a renovação foi de 42%.

     

    LEIA TAMBÉM

    Câmara renovada e povão

     

    OS 21 NA ORDEM DOS MAIS VOTADOS

     

    Paulinho da Farmácia (PMDB): 2.947 (2016), 2.146 (2012), # de 801 a mais

    Dimas Costa (PSD): 2.880 (2016), 1.726 (2012), # de 1.154 a mais

    Clebes Mendes (PMDB): 2.654 (2016), 1.974 (2012), # 680 a mais

    Nadir Rocha (PMDB): 2.450 (2016), 3.500 (2012), # 1.050 a menos

    Alan Vieira (PMDB): 1.986 (2016), 2.197 (2012), # 211 a menos

    Paulo Silveira (PSB): 1.941 (2016), 2.197 (1.135), # de 806 a mais

    Jô da Farmácia (PTB): 1.936 (2016), 1.111 (2012), # de 825 a mais

    Carlos Fonseca (PSB): 1.911 (2016), 2.328 (2012), # de 417 a menos

    Fabio Avila (PRB): 1.728 (2016)

    Alex Tavares (PMDB): 1.644 (2016), 1.816 (2012), # de 172 a menos

    Dilamar Soares (PSD): 1.597 (2016), 2.066 (2012), # de 469 a menos

    Rosane Bordignon (PDT): 1.578 (2016)

    Alex Peixe (PDT): 1.468 (2016), 2.150 (2012), # de 682 a menos

    Airton Leal (PV): 1.445 (2016), 1.595 (2012), # de 150 a menos

    Aureo Tedesco (PSDB): 1.431 (2016), 876 (2012), # de 555 a mais

    Bombeiro Batista (PDT): 1.314 (2106)

    Roberto Andrade (PP): 1.306 (2016), 2.448 (2012), # de 1.142 a menos

    Evandro Soares (DEM): 1.200 (2016), 1.473 (2012), # de 273 a menos

    Demétrio do Esporte (PDT): 1.188 (2016), 1.647 (2012), # de 459 a menos

    Neri Facin (PSDB): 995 (2016), 907 (2012), # de 88 a mais

    Wagner Padilha (PSB): 864 (2016)

     

    MÉDIA DOS 21: 1.736 (2016), 1.914 (2012), # de 178 a menos

    VOTOS VÁLIDOS: 130.823 (2016), 135.033 (2012), # de 4.210 a menos

     

    • profissional de sucesso
      Fabiano Izabel, o novo nome forte dentro da Sogil
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Quem são nossos 50 mil bolsonaristas mais fanáticos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O que ’caso Carús’ ensina a políticos da ’rachadinha’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Sem acordo, indenizações da Pirelli restariam suspensas
      por Rafael Martinelli
    • aniversário
      Gravataí comemora hoje 139 anos de emancipação
      por Silvestre Silva Santos
    • cachoeirinha
      Por 13 a 2 Câmara derruba golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • investimento
      Só faltou o buggy na abertura do maior posto SIM do estado
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • investimento
      Luciano Hang vem dar a largada na sua loja Havan
      por Silvestre Silva Santos
    • glorinha
      Caso Unick: MP investiga presidente por uso da Câmara
      por Rafael Martinelli
    • pontes do parque
      Saiba porquê a inauguração das pontes vai atrasar uns dias
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Bordignon critica Marco Alba e o governo; a Rainha protegida
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Gravataí vai ter novo centro comercial
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Vereador quer CPI de fraude no SUS em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O pedido de Ciro para campanha de Anabel em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Cinco homens e um destino, ser sucessor de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.