notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 02/06/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    posse 2017

    Marco Alba recebeu Nadir na porta da Prefeitura antes do ato de transmissão de cargo | Fotos CARLOS ISIDORO

    Nadir Rocha assume Prefeitura até 12 de março

    por Rafael Martinelli | Publicada em 01/01/2017 às 22h50| Atualizada em 03/01/2017 às 15h35

    Às 19h Marco Alba e a esposa Patrícia receberam na porta da Prefeitura a Nadir Rocha e a esposa Lúcia como novos prefeito e primeira-dama.

    - A casa é sua – sorriu, fazendo uma mesura com as mãos, o prefeito que minutos mais tarde transmitiria ao colega de PMDB o cargo que ocupou nos últimos quatro anos.

    Pouco antes, sem surpresas, o vereador de quinto mandato fora eleito presidente da Câmara e, com as novas eleições e a vacância do cargo, conduzido interinamente ao comando do poder executivo até pelo menos 12 de março.

     

    LEIA TAMBÉM

    EXCLUSIVO: Nadir será o prefeito

    Vereadores tomam posse e elegem Nadir

     

    - Acho que está na hora do Nadir ter foto na Galeria dos Prefeitos – brincou Edir Oliveira, que comandou a Prefeitura em 1993 e 96, ao cumprimentá-lo, já num lotado Gabinete do Prefeito, lembrando que o vereador há cinco anos já ocupou a mesma função por 30 dias, entre o impeachment de Rita Sanco (PT) e a eleição indireta de Acimar da Silva (PMDB).

    - Desta vez não precisamos te buscar em casa, Julinho? – recordou Nadir, saudando Julio Wurlitzer, que naquele 15 de outubro de 2011, como nesta noite, foi o servidor público responsável pela leitura do termo de transmissão de cargo e a assinatura do livro de posse.

     

    : Julio Wurlitzer lê, às 19h07, o termo de posse de Nadir Rocha como prefeito interino

     

    A escolha de Marco

     

    Já despido do cargo, sem terno e ‘vestido de candidato’, em uma camisa azul de mangas dobradas, Marco Alba fez seu discurso de despedida, ou “até breve”, como disse Jones Martins (PMDB), o deputado federal de Gravataí, que acompanhou as posses.

    - Aqui é a sede do governo, não sede de partido. E assim me comportei como prefeito, governando para as pessoas.

    - E desafio qualquer governo anterior ao meu a dizer que fez mais pelas crianças. Entre o amortecedor do carro estragado pelo buraco e investir o pouco que tinha nas escolas, no livro, no uniforme, na patrulha escolar, fiz minha opção – disse, acrescentando que “os que destruíram a Prefeitura e impediram que pudéssemos fazer mais agora querem voltar”.

    – Uma cidade da magnitude de Gravataí, devido a acontecimentos impróprios, onde pela terceira vez o mesmo quis brincar de ser candidato, terá uma nova eleição. E isso não é bom. Não dá solução de continuidade ao nosso projeto, ou mesmo permite a outros projetos começarem um governo. Não houve respeito com a comunidade – observou, avaliando como necessária a garantia do governo transitório, “não pela eleição, mas pela cidade”.

    - Além do cumprimento de metas que traçamos em 2013 e sofreram atrasos pela brutal crise política e econômica do Brasil, a continuidade traz economia para a cidade. Não demitimos ninguém, então não há gastos com exonerações. Já chega o custo das novas eleições, que quem deu causa deveria pagar.

     

    : Marco Alba, ao passar a palavra a Nadir: "quem sabe na próxima vez não assumes por quatro anos?"

     

    Nadir: sem mudanças

     

    De terno preto, em um discurso a sua maneira, popular, lembrando aqueles personagens puros de Dostoievski, Nadir disse que não faria alterações na equipe e que cumpriria um plano já traçado para os próximos 70 dias pelo grupo político que busca a reeleição.

    - Quando entrei aqui pela primeira vez em outubro de 2011, era de chorar. A Prefeitura estava quebrada, entregue. Fizemos muita coisa nestes cinco anos. Recuperamos as condições de a cidade crescer. O Marco foi um baita administrador – concluiu, fazendo um sinal com as mãos juntas em agradecimento ao cumprimentar os presentes, entre familiares, secretários e vereadores que lhe aplaudiam, aos quais brincava, a cada abraço:

    - Da última vez em que fui prefeito ganhamos a eleição!

     

     

    LEIA TAMBÉM

    PERFIL NADIR ROCHA: O político do povão

     

    • negócios
      Gravataí receberá mais três empreendimentos de alto padrão
      por Redação
    • educação
      A ’obra do coração’ do prefeito Marco Alba
      por Redação
    • justiça
      O que vamos dizer para o Gu, que perdeu o pai assassinado na Rondon?
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morada do Vale é ’epicentro’ da COVID 19 em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      100 infectados em Cachoeirinha são potenciais 20 mil; o maio do contágio
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Marco Alba alerta para período crítico da COVID 19 em Gravataí; tem novos decretos para comércio e aulas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      O ‘urubu da imprensa’ errou, para menos; contágio em Gravataí cresceu 245 por cento
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Ele grita a sua impotência. Ou: Vamos ver como seria o ’gorpe do Parmito’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      As mortes sem rosto da COVID 19 em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      ’Político alvo’ desafia abertura de ’CPI das fake news’ na Câmara de Gravataí; as bravatas e verdades múltiplas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí receberá 36 milhões de socorro federal; funcionalismo com salários congelados até 2022
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Metade de Gravataí é ’grupo de risco’ para COVID 19; alerta aos ’covidiotas’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa saiu da Havan como candidato a prefeito de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Luciano Hang e Marco Alba na ’inauguração surpresa’ da Havan Gravataí; assista
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      ’Gripezinha’, ’carreatas da morte’, Páscoa, reabertura e Dia das Mães; a progressão da COVID 19 em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Por que hospital de campanha de Gravataí atrasou 30 dias; sem tirolesa ou ’Covidão’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.