notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 21/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    câmara de gravataí

    Adaptação da arte de Danziger

    GASTOS COM DIÁRIAS: o CâmaraTur em queda livre

    por Rafael Martinelli | Publicada em 28/03/2017 às 14h14| Atualizada em 31/03/2017 às 11h02

    Aparentemente, valeu o susto.

    Levantamento feito pelo Seguinte: hoje junto ao Ministério Público de Contas (MPC) mostra que os vereadores gastaram R$ 155.092,04 a menos em 2016 do que em relação ao ano anterior, ficando fora do ranking das 10 mais do CâmaraTur gaúchos.

    Mesmo assim, a Câmara de Gravataí segue a campeã de gastos do Rio Grande do Sul na legislatura que começou em 2013 e encerrou em 2016.

    O dinheiro só parou de voar depois que o legislativo da aldeia virou notícia nacional por gastar mais que o de São Paulo. Em setembro, a RBS divulgou a bomba pré-eleitoral: o gasto com diárias depositadas nas contas dos 16 vereadores e um suplente, além de funcionários concursados e CCs tinha chegado a R$ 715.578,98 entre janeiro de 2013 e junho de 2016.

    Uma investigação do Seguinte:, divulgada com exclusividade em janeiro de 2017, mostrou que, até o encerramento do mandato, em dezembro, o valor subiu para R$ 942.667,88 somando os gastos com passagens, deslocamentos e combustíveis.

     

    LEIA TAMBÉM

    Câmara gastou R$ 1 milhão com viagens

     

    A análise parece lógica.

    O medo de véspera de eleição, somado à vergonha de ganhar horário nobre e foto no diário gaúcho mais popular, além do recado das urnas que fez a ‘bancada das diárias’ perder 8 mil votos e, consequentemente, mandatos, suspenderam as viagens.

    O gasto caiu de R$ 254.184,62 no auge do CâmaraTur em 2015, para R$ 99.092,58 em 2016.

    Em 2013 e 2014, as viagens já tinham custado R$ 166.382,76 e R$ 207.412,70, respectivamente.

    Na nova legislatura que começou em 2017, apenas um vereador viajou: Roberto Andrade. Foi a Brasília, mas abriu mão das diárias.

    O voto de cada um dos novos vereadores será testado nos próximos dias, quando entra em plenário projeto proibindo diárias para cursos e congressos país afora.

     

    LEIA TAMBÉM

    Só 5 vereadores não viajaram

    Bancada das diárias perdeu mais de 8 mil votos

     

    GASTO COM DIÁRIAS

    2013 – R$ 166.382,76

    2014 – R$ 207.412,70

    2015 – R$ 254.184,62

    2016 – R$ 99.092,58

    2017 – até agora, zero

     

    LEIA TAMBÉM

    O turbulento caminho do fim das viagens de vereadores

    • segurança
      Carros da 99 POP terão câmeras de segurança
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      GM diz que pode fechar fábrica de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Fotógrafo foi morto por dívida em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres
    • em Brasília
      Marco Alba trata do Complexo de Educação Especial
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Pedágio volta dia 15 mais caro do que o anunciado
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O último ano dos canudos plásticos em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • 2020
      ’Bolsonaro da Aldeia’ na briga pela Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Corte de dinheiro para Carnaval é aprovado; exceto por petistas
      por Rafael Martinelli
    • governo bolsonaro
      Marco Alba em Brasília; sem embaixador
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Moro foi bem na GloboNews; já é um político
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Gravataí não vai liberar dinheiro para escola de samba
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Uma em cada quatro armas legais é roubada no RS
      por Eduardo Torres
    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      O que será feito para salvar Ubers da violência
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      RETRÔ 2018 | Sem guerra das facções, na mira dos grandões
      por Eduardo Torres
    • economia
      RETRÔ 2018 | A volta dos investimentos na região
      por Eduardo Torres
    • meio ambiente
      RETRÔ 2018 | O preço do futuro preservado
      por Eduardo Torres
    • política
      RETRÔ 2018 | Do limão eleitoral à limonada política
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.