notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/06/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    grêmio tri

    O Dibe, na Arena do Grêmio | Foto MAURO SCHAEFER

    É tri massa ser campeão!

    por Luiz Sérgio Dibe | Publicada em 30/11/2017 às 16h02| Atualizada em 02/12/2017 às 17h13

    Seguinte: pediu e jornalistas, colunistas e articulistas gremistas que tem ou já tiveram alguma relação com a região estão mandando artigos sobre o tri. Esse é do Luiz Sérgio Dibe

     

    Não precisava ser com dois golaços. Estávamos prontos pra felicidade que um zero a zero pode dar.

    Pênaltis - Jesus, Maria, José, Buda, Alá, Francisco e tudo mundo - seria um pesadelo, mas chegava pros gremistas que estavam com a goela apertada de vontade de dizer campeão.

    Nem precisa gritar. Só dizer assim, baixinho, talvez mentalizar baste. Como é legal o sentimento de vitória e como o esporte, impregnado de sujeira e corrupção, consegue proporcionar um pouquinho disso na vida da gente.

    Na vida, a gente é treinado para ser vencedor. Doutrinado a competir e ensinado que perder não é uma boa. Perdemos o tempo todo e continuamos acreditando que o objetivo é vencer.

    Curiosamente, o esporte – o futebol pra nós meninos e meninas do Brasil – constrói essa sensação deliciosa e ingênua de vitória.

    Lembro da noite chuvosa em que o Inter bateu o São Paulo e ganhou a primeira Libertadores, em 2006. Fui eu, gremista temido pela minha habilidade de parecer que entendo de futebol, acompanhar o Rafael Martinelli, o Rodrigo Becker, o Eduardo Torres, o Herculano Filho, o Beto Dickow e o Róbinson Gambôa para ver aquela final.

    Vi sorrisos de criança na cara amassada de trago e trabalho dos meus chapas colorados. Foi maravilhoso.

    Ontem, na frente da TV vendo o “dindo" Pimenta – meu parceiro de cimentão no Estádio Olímpico – ajoelhado no chão da sala lá de casa depois do apito, curti de novo essa alegria especial que o futebol aconchega sobre a miséria de um dia comum.

    Sei que amanhã a euforia vai evaporar da semiconsciência e o futebol vai voltar a ser cheio de vaidades, grosserias e outras expressões típicas da vulgaridade destes tempos. Hoje, todavia, vou falar baixinho. Escrever. Talvez, mentalizar: campeão. Campeão. Que coisa furiosamente divertida. Tri. Tri massa. Nem precisava ser com dois golaços.

     

    Luiz Sérgio Dibe é jornalista e gremistão.

    • na copa
      OPINIÃO | Os assediadores da russa podem ser você
      por Rafael Martinelli
    • luto
      Antes do tie break: o legado de Aline Fofonka
      por Róbinson Gambôa
    • luto
      120 em 40, uma intensa história de vida
      por Cláudio Wurlitzer | Especial
    • luto
      Nada está no lugar; uma homenagem a Denise Medonha
      por Rosane Castro
    • coluna do silvestre
      A Souza Cruz voltou, a Herbalife chegou
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • atenção
      O que muda no trânsito da parada 72
      por Redação
    • a venda do hospital
      OPINIÃO | Marco Alba fez bem em bancar a Santa Casa
      por Rafael Martinelli
    • na copa
      Deu sono na estreia do Brasil e do Miguel
      por Eduardo Torres
    • na copa
      OPINIÃO | Estreia com a cara do Brasil do golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      No escurinho do cinema...
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      É bom sinal os vereadores congelarem os próprios salários
      por Rafael Martinelli
    • nosso hospital
      COM VÍDEO | Hospital de Gravataí é da Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saneamento
      Gravataí e Cachoeirinha no ranking do saneamento
      por Eduardo Torres
    • eleições 2018
      Miki e Stédile, unidos por Sartori
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      20 dias para o pedágio não ser cobrado ou...
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      EXCLUSIVO | Gravataí pode ter um dique contra enchentes
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.