notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 25/09/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    política

    Governador no trecho de chão batido da 118 em Viamão | Foto GUSTAVO MANSUR | Palácio Piratini

    Governador libera mais dinheiro para arrumar ERS-118 antes de pegadiar; O meio bilhão e o ’país do faturo’

    por Rafael Martinelli | Publicada em 30/08/2021 às 15h31| Atualizada em 08/09/2021 às 22h01

    Não bastam os R$ 400 milhões já usados por 14 anos na duplicação de 21 Km da ERS-118 entre Gravataí e Sapucaia do Sul. O governador Eduardo Leite (PSDB) autorizou nesta segunda-feira mais R$ 17,67 milhões para iniciar a pavimentação entre Viamão e Porto Alegre.

    O meio bilhão em dinheiro público deixará a rodovia estadual concluída até 2022 para entregar para exploração privada com pedágios, como já tratei em uma série de artigos como Gravataí dos 3 pedágios: Leite confirma cobrança na 118 e 020 em Gravataí; Não era ’fake news’.

    A pavimentação de 14,5 Km entre Viamão e o Lami é parte do programa Avançar, o Plano de Obras de R$ 1,3 bilhão apresentado pelo governador como “um dos maiores investimentos da história do Rio Grande do Sul na área”.

    Não por menos integrantes do movimento anti-pedágio de toda região receberam Leite com faixas de protesto no Centro de Viamão.

    A polêmica está oficialmente na cancela.

    Leite propôs a instalação de pedágios na ERS-118 em Gravataí (Km 22,6) e na ERS-020 (Km 22,9), inclusas no plano de concessão de mais de mil quilômetros de rodovias estaduais por 30 anos, com previsão de aporte de R$ 10,6 bilhões, R$ 3,9 bilhões nos primeiros cinco anos.

    Gravataí terá pedágio no Passo das Pedras, na 118, duplicada após 20 anos e R$ 400 milhões em dinheiro público, e no distrito de Morungava, na 020, ambas com tarifas entre R$ 5,88 e R$ 7,84 previstas no leilão.

    De acordo com o plano não haverá mais isenção para moradores. A proposta é de desconto para usuários frequentes. Veículos leves e que utilizem TAG para pagar o pedágio terão redução de 5% no valor da tarifa.

    Outra modalidade será o desconto progressivo escalonado conforme o número de viagens realizadas dentro do mês, também via TAG no veículo: de 4 a 7 viagens - desconto de 10%; de 8 a 11 viagens - desconto de 12,5%; de 12 a 15 viagens - desconto de 15%; de 16 a 19 viagens - desconto de 17,5% e 20 viagens ou mais - desconto de 20%.

    Ao fim, reputo necessário più parole do governador para convencer de que não é um escândalo, privataria, entregar para uma empresa privada explorar uma rodovia cuja duplicação foi entregue em dezembro, após 20 aos de R$ 400 milhões em dinheiro público.

    Atropela-me o slogan: Brasil, o país do faturo!

    Que assim não seja.

     

    LEIA TAMBÉM

    Gravataí dos 3 pedágios: Leite confirma cobrança na 118 e 020 em Gravataí; Não era ’fake news’

    • negócios
      Gravataí boa para investir: Prometeon aposta no agro e amplia produção local
      por Redação | Assessoria
    • negócios
      Magalu inaugura centro de distribuição de 400 empregos em Gravataí
      por Redação | Assessoria
    • política
      Resposta de Anabel ao Seguinte: parece de Bolsonaro contra Globo
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gestão de Anabel é desastre político no PDT de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      É fake news: o Jones de Gravataí vacinou, sim!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa quer dar vida a ’esqueletos’ de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereador de Gravataí doar salário é bom para escolas e ruim para política
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Gravataí e Cachoeirinha dizem ’não’ para o negacionismo homicida de Bolsonaro; A fumaça, a ex, o caçula e o assassínio curandeiro na Prevent Senior
      por Rafael Martinelli
    • política
      Como tirar o Centro de Gravataí dos anos 70; Uma charla farroupilha com Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chamou de ladrão, o Miki processa; O corrupto da mesa do lado
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí pode receber ’uma nova Emergência do Becker’ após calote milionário
      por Rafael Martinelli
    • política
      O fim das carroças e uma vida melhor para carroceiros de Gravataí; O açoite da verdade
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Como a GM vai ajudar até a lojinha do Zaffa em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Onde estarão políticos de Gravataí após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.