notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 25/09/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Entendo a fake news de médico de Gravataí sobre o coronavírus; quem não?

    por Rafael Martinelli | Publicada em 20/03/2020 às 00h15| Atualizada em 29/03/2020 às 16h57

    Nas últimas horas, tive a medida do pânico que nos une nesta crise do coronavírus.

    Compartilho.

    Em meu relato, não procurem heróis ou bandidos, apenas humanos assustados e sem saber ao certo ao que fazer.

    Às 22h, fonte de alta confiança me perguntou se era fake news áudio em que suposto médico relatava ter trabalhado nesta quinta no “hospital" em “clima de fim de mundo e de guerra”, pelas palavras do interlocutor da gravação.

    – São 10 pacientes prováveis de coronavírus, um confirmou hoje e parece que tem um segundo confirmado agora, e mais uns 50 ou 60 que estão em casa aguardando resultado – diz o profissional, projetando que “de 5 a 10%” dos casos suspeitos “vão dar positivo pela estatística”.

    – Isso é em Gravataí, para vocês terem uma noção. A marolinha já passou, está chegando o tsunami – alerta, contando que durante o dia, mesmo especialista em outra área, atendeu “mais de 20 pacientes” e “vários com sintoma de gripe”.

    Ao ouvir, instantaneamente, e apavorado, apelei ao secretário da Saúde de Gravataí.

    – Se é real, as pessoas precisam saber!

    Jean Torman garantiu:

    – Já tive acesso ao áudio. É só o que recebo no WhatsApp desde às 21h. É fake news. A direção do hospital vai se manifestar.

    Às 23h, a Santa Casa emitiu card esclarecendo que as informações eram “inverídicas” e durante o dia o hospital teve “apenas dois casos suspeitos” e “nenhum era grave”.

    Na nota a que tive acesso, a mantenedora do Dom João Becker cita a especialidade do médico, mas não vou reproduzir. Volto à abertura deste artigo, quando compartilho:

    – Nas últimas horas, tive a medida do pânico que nos une nesta crise do coronavírus.

    E acrescento que faria uma análise “sem heróis ou bandidos”, por sermos hoje “apenas humanos assustados e sem saber ao certo ao que fazer”.

    É que também tive acesso a áudio do médico explicando que enviou o alerta em um grupo da família para assustar os pais, idosos, para que ficassem em casa.

    – Que loucura isso! Botei em um grupo de família para assustar meu pai e minha mãe! – disse, em um tom de voz entre a surpresa e a indignação.

    Realmente, ouvindo o áudio da polêmica, ao fim o médico fala:

    – É clima de guerra. Só vou avisar a vocês, ao pai, a mãe, às pessoas mais velhas, que fiquem em casa.

    Entenderam?

    O profissional da saúde fez uma espécie de teatro para assustar o pai e a mãe, porque a coisa é grave! Não imaginava que o áudio pudesse vazar. Vazou e, por óbvio, quem ouviu ficou em pânico, ou revoltado – colegas, por exemplo.

    Mas proponho que usemos do exemplo negativo para entender a gravidade do momento, e também como alerta para não espalharmos fake news entre os nossos, em grupos privados, ou na terra de ninguém do ‘Grande Tribunal das Redes Sociais’.

    Ao fim, no incidente de hoje, reputo todos nós inocentes.

    Repito: somos apenas humanos assustados e sem saber ao certo ao que fazer.

    Experimentemos compreensão e solidariedade.

    E, como primeiro exercício, esqueçamos esse deslize de um profissional que vai ajudar – e certamente já ajuda – a salvar muitas vidas.

    Mãe, pai... quem não?

     

    LEIA TAMBÉM

    Hospital suspende cirurgias e Prefeitura tele e especialidades; estamos em guerra em Gravataí e Cachoeirinha

    Clica aqui para ler mais sobre a crise do coronavírus no site do Seguinte:

    • negócios
      Gravataí boa para investir: Prometeon aposta no agro e amplia produção local
      por Redação | Assessoria
    • negócios
      Magalu inaugura centro de distribuição de 400 empregos em Gravataí
      por Redação | Assessoria
    • política
      Resposta de Anabel ao Seguinte: parece de Bolsonaro contra Globo
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gestão de Anabel é desastre político no PDT de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      É fake news: o Jones de Gravataí vacinou, sim!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa quer dar vida a ’esqueletos’ de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereador de Gravataí doar salário é bom para escolas e ruim para política
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Gravataí e Cachoeirinha dizem ’não’ para o negacionismo homicida de Bolsonaro; A fumaça, a ex, o caçula e o assassínio curandeiro na Prevent Senior
      por Rafael Martinelli
    • política
      Como tirar o Centro de Gravataí dos anos 70; Uma charla farroupilha com Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chamou de ladrão, o Miki processa; O corrupto da mesa do lado
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí pode receber ’uma nova Emergência do Becker’ após calote milionário
      por Rafael Martinelli
    • política
      O fim das carroças e uma vida melhor para carroceiros de Gravataí; O açoite da verdade
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Como a GM vai ajudar até a lojinha do Zaffa em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Onde estarão políticos de Gravataí após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.