notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/05/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Foto AGÊNCIA BRASIL

    O pior dia de nossas vidas: nunca se morreu tanto em Gravataí; ’Pelo amor de Deus, não temos mais como atender às pessoas infectadas’, apela prefeito

    por Rafael Martinelli | Publicada em 04/03/2021 às 18h07| Atualizada em 15/03/2021 às 18h18

    Entre quarta e quinta foi o pior dia de nossas vidas. Salvo engano, na pesquisa que fiz de ontem para hoje em arquivos históricos não achei episódio no qual, em 24h, doença, acidente ou o que for, tirasse 14 vidas em Gravataí. A COVID-19 levou.

    No Brasil, no mesmo intervalo fatal de tempo, caíram 10 vôos 3054 da TAM ou restaram mortas tantas pessoas quanto uma dezena de boates Kiss.

    Em Quatro vezes mais vidas perdidas, 5 infectados por hora e 73 na fila por leitos em Gravataí; Lockdown ou festas e compras em Hiroshima, reportei o balanço de 30 dias. De terça até hoje piorou: já são 252 infectados e 21 mortes, chegando a 14.096 pessoas que tem ou já tiveram a COVID, e 340 mortes.

    Ontem, o vice-prefeito Dr. Levi divulgou vídeo, que reproduzo ao fim do artigo, alertando:

    – Chegamos ao limite!

    O médico comunicou a ampliação, em 12 dias, de 32 para 99 leitos para COVID; 10 para 20 de UTI.

    Não há mais espaço físico no Hospital de Campanha ou no Dom João Becker, nem profissionais de saúde ou insumos suficientes para abrir mais leitos.

    – Temos 25 pacientes sentados aguardando para internar no Hospital de Campanha, 5 pacientes da UPA da 74 e mais 4 na atenção básica (os postos de saúde) – disse, alertando que a rede de Porto Alegre, que até então servia de referência para pacientes graves de Gravataí, não aceita a transferência de pacientes desde o domingo.

    – Isso mostra o quão terrível é momento. Pacientes jovens, em estado grave, e uma contaminação cada vez mais rápida – disse o médico, informando que “até o momento”, não faltou medicação ou oxigênio para nenhum paciente.

    Nesta quinta, o prefeito Luiz Zaffalon confirmou, em entrevista para o popular Gugu Streit, da Rádio Farroupilha, o que antecipei em Vereador no oxigênio, consultas suspensas e Santa Casa esgotada; Terça de colapso em Gravataí:

    – Estamos entrando em colapso na saúde de Gravataí. Pessoas aguardam em cadeiras por atendimento. Não temos para onde ampliar. É muito grave o momento.

    Os 120 leitos da rede municipal estão ocupados.

    – Quem não precisar sair de casa, por favor, não saia. Pelo amor de Deus, não temos mais como atender às pessoas infectadas – apelou Zaffa.

    O governador Eduardo Leite já antecipou que a bandeira preta (acinzentada) será mantida por mais uma semana em todo o Rio Grande do Sul. Nesta sexta é possível que decreto estadual, além de manter o toque de recolher entre 20h e 6h, amplie o lockdown, aí, como em países europeus, fechando inclusive supermercados entre sábado e domingo.

    Ao fim, são os piores dias de nossas vidas – uma geração que enfrenta uma guerra sem mísseis. Experimento uma depressão diária, porque cada artigo que escrevo reporta uma situação pior, seja no contágio sanitário como econômico.

    Enoja-me saber que o chefe da nação, o deprimente da república, no dia em que o Brasil (1.910) e Gravataí (14) bateram recorde de mortes, sorria em banquete de leitão no espeto e feijão à pururuca com políticos mineiros no Palácio da Alvorada.

    – O presidente estava feliz – contou à Folha de S. Paulo o deputado federal Fábio Ramalho.

    Como bem descreveu o jornalista Reinaldo Azevedo, éramos nós naquele espeto, enquanto aqui, na nossa cidade, uma pessoa morre a cada partida de futebol.

    Prefeitos Luiz Zaffalon, de Gravataí, e Miki Breier, de Cachoeirinha, apoiem um lockdown regional já!

    Há gente esperando UTI por dois dias, seja pública ou privada. O vereador de Gravataí Roberto Andrade (PP) está no oxigênio sentado em uma cadeira no Hospital de Campanha. Como o Dr. Antônio Weston, superintendente da Santa Casa já disse, quem entra na UTI morre, como tratei em 7 a cada 10 morrem na UTI: ’É preciso reduzir ao máximo a circulação das pessoas nos próximos dias’, diz superintendente do Hospital Dom João Becker.

    A economia não será salva com a contratação de containers para as prefeituras armazenarem corpos.

    Que tristeza, que tristeza...

     

    Assista vídeo do Dr. Levi

     

    LEIA TAMBÉM

    Por que não se usa luva ao vacinar contra COVID; As poucas doses, Gravataí, Cachoeirinha e a ’casa da tua mãe’

    Superlotação e explosão de 400 por cento nas internações: Zaffa faz o que pode, Miki erra; ‘A onda está estourando em nossas cabeças’

    Por que Havan de Gravataí pode abrir no lockdown

    Furou a bolha da COVID: Orçamento da Saúde termina em setembro; 2021 não será um ano bom

     

    • política
      Pós-Bordignon: PDT nega ’defesa’ do governo Zaffa; Partido é decisivo em nova ’pauta-bomba’ de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Com Supremo & tudo, Gravataí segue vacinação de professores sexta; A politicagem, o justo, Deus e a ciência
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Em 24h, Gravataí e Cachoeirinha garantem vacinas para professores; Justiça autoriza
      por Rafael Martinelli
    • política
      Bordignon fala: PT, Lula, Dimas, Ávila e a ’incompatível história’ com Marco Alba e Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • pedágio
      Após 400 milhões de dinheiro público, ERS-118 será concedida para pedágio; 040 e 020 também
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Cachoeirinha começa a vacinar professores quinta, Gravataí decide amanhã; Justiça autoriza
      por Rafael Martinelli
    • política
      Prev(s)idência: Anabel, Dila e PDT entram pela porta de Zaffa, os Bordignons saem por outra; Agora tudo é GreNal na política de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Segunda de volta às aulas do 3º, 4º, 5º ano em Gravataí: prefeito e professores divergem; Entre ’aos poucos a normalidade’ e ’o Centro estava um horror’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool saiu do grupo; Vereador de Gravataí desligou-se de WhatsApp da base de Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • contas públicas
      Acerta Zaffa com a reforma da previdência de Gravataí; Uma ’pauta-bomba’ para muitos desarmarem
      por Rafael Martinelli
    • emprego
      Prefeitura de Cachoeirinha vai abrir concurso para 38 cargos
      por Redação | Assessoria
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.