notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 27/10/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Gravataí em ’distanciamento’ | Foto VAGNER MAGALHÃES | Especial

    O jeitinho de Leite: Gravataí e Cachoeirinha vão para bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira

    por Rafael Martinelli | Publicada em 27/04/2021 às 12h15| Atualizada em 12/05/2021 às 10h43

    Era um dia frio e luminoso de abril, e os relógios marcavam 13 horas.

    A abertura de “1984”, de George Orwell, poderia incluir o Rio Grande do Sul junto a Oceânia, Eurásia e Lestásia, no mundo distópico do romance que está entre os mais citados do século 20.

    Na tarde desta terça de abril, o liberal Eduardo Leite (PSDB) vai usar de novilíngua para transformar a bandeira preta em vermelha para, como bem descreveu a presidente do sindicato dos professores de Gravataí, Vitalina Gonçalves, “sambar na cara da Justiça” e permitir a volta às aulas presenciais.

    O governador tomou a decisão após 'reunião de emergência', por videoconferência, com o presidente da Assembleia, Gabriel Souza, o presidente da Famurs, Maneco Hassen, e o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo.

    Antecipei o início do fim do Distanciamento Controlado, sexta e sábado, em Leite vai brincar de colorir mapinha? Gravataí, Cachoeirinha e Grande Porto Alegre querem bandeira vermelha por decreto e A novilíngua de Leite: Gravataí e Cachoeirinha já tem data para volta às aulas presenciais; ’Governador samba na cara da Justiça’.

    Fato é que hoje será comunicado que todos os municípios gaúchos estarão em bandeira vermelha apenas três dias(!) após o mesmo governador anunciar a 51ª semana em bandeira preta, de altíssimo risco de contágio pela COVID-19 – e sem que indicadores recomendem o que será um ‘liberou geral’, já que prefeituras em cogestão, como as da Grande Porto Alegre, poderão aplicar regras da bandeira laranja.

    Não esqueçamos de lembrar que laranja era a bandeira durante a eleição e o Carnaval, nos meses anteriores ao colapso na saúde de março, pior e mais letal mês da pandemia, onde em Gravataí, por exemplo, mais gente morreu do que nasceu, e detalhei em A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos.

    Domingo, o desembargador Antonio Vinicius Amaro da Silveira decidiu assim, ao manter liminarmente a suspensão das aulas, depois confirmada, na noite desta segunda-feira, por unanimidade pela 4ª Câmara do Tribunal de Justiça gaúcho:

    – Não há como transigir com a vida ou com a morte. Vivemos um período notadamente de exceção, equiparável a um estado de guerra diante de um número tão elevado de mortes, o que requer medidas excepcionais com o intuito de preservar bem maior, o que não significa ignorar a existência de danos colaterais inevitáveis. Lamentavelmente essa é a realidade.

    Então, a guerra acabou, governador?

    Sim, a partir desta tarde, e por um decreto que caberia no orwelliano Ministério da Verdade, aquele que promovia a Mentira; assim como, no duplipensamento criado pela novilígua, o Ministério da Paz, fazia a guerra; o Ministério do Amor, cuidava da tortura; e o Ministério da Pujança, da escassez de alimentos.

    Ao fim, incluamos na novilíngua o jeitinho gaudério. É o que faz o governador, ao acabar com a credibilidade do Distanciamento Controlado, que foi pioneiro no Brasil e respeitado por especialistas pelos critérios técnico-sanitários e, hoje, mais parece aquele meme de rede social em que Eduardo Leite brinca de colorir mapinhas.

     

    LEIA TAMBÉM

    Atualizada: TJ mantém aulas suspensas em Gravataí e Cachoeirinha

    Gravataí e Cachoeirinha: depois da bagunça, a decisão sobre volta às aulas; Miki acertou, Zaffa errou

    Gravataí e Cachoeirinha voltam às aulas? Zaffa e Miki divergem, juíza suspende e associação de escolas particulares convoca retorno nesta segunda; A bagunça que o governador criou

    A polêmica da volta às aulas: Gravataí e Cachoeirinha odeiam professores?; Para alguns nas redes sociais parece

    As aulas presenciais vão voltar em Gravataí e Cachoeirinha; Sorteio ‘Com K’, greve ’Com G’

    Onde foi o dinheiro do socorro federal para Gravataí; O que ’CPI do Bolsonaro’ encontraria se investigasse

    • política
      Oposição quer ’CPI do Miki’ em Cachoeirinha; Amizade ou relação promíscua, e as 648 horas sem provas
      por Rafael Martinelli
    • política
      O que mais preocupa Zaffa sobre pedágio em Gravataí; A 020 e os 5 pedidos ao governador
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores de Gravataí podem ter mesma reposição de 10 por cento do funcionalismo; Os mil a mais e o osso
      por Rafael Martinelli
    • política
      EXCLUSIVO | Miki será alvo de novo impeachment ou CPI em Cachoeirinha; ’Nunca vi denúncia tão bem formulada pelo MP’, diz advogado de vereadores
      por Rafael Martinelli
    • 23 de outubro
      141 anos de Gravataí: por que um prefeito ’trocou’ a data do aniversário para hoje
      por Redação
    • política
      Paulo Silveira e Beto, dois candidatos; A educação e a cura da sogra de Pedro
      por Rafael Martinelli
    • política
      EXCLUSIVO | Miki pede recondução à Prefeitura de Cachoeirinha; É absolutamente inocente, diz defesa ao pedir anulação de denúncias sobre ’mesadão do lixo’
      por Rafael Martinelli
    • aniversário
      Comemorar olhando para o futuro; O artigo de Zaffa nos 141 anos de Gravataí
      por Redação
    • política
      Marco Alba foi um bom gestor; Gravataí é excelência no Índice Firjan
      por Rafael Martinelli
    • política
      Já se fala em aumento de salário para vereadores de Gravataí; A fila do osso
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores Dila e Bino pedem mandatos na justiça por perseguição política do PDT de Gravataí; Anabel pressiona por expulsão
      por Rafael Martinelli
    • política
      O reflexo de Busato, do novo partidão do Brasil, na casa de Cláudio Ávila em Gravataí; Dimas, Odair do Acorda e o Retrato de Dorian Gray
      por Rafael Martinelli
    • política
      No que Zaffa lembra o ’Véio da Havan’; O prefeito de Gravataí e o mercador
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chefe da Guarda de Gravataí não pode ser ’segurança’ de pub que deveria fiscalizar
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool age como um Boca Aberta de Gravataí; Um vereador a cliques da perda do mandato
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.