notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 25/09/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Câmara de Gravataí vota ’pauta-bomba da Sogil’ nesta terça; Acordo entre vereadores autoriza análise do socorro para transporte público

    por Rafael Martinelli | Publicada em 03/05/2021 às 20h42| Atualizada em 12/05/2021 às 10h46

    A Câmara de Gravataí vota nesta terça a impopular e inevitável primeira ‘pauta-bomba’ em 2021: o socorro milionário para o transporte coletivo. O governo Luiz Zaffalon (MDB) já tem, entre os 21 vereadores, mais do que os 11 votos necessários para a aprovação.

    Para que os R$ 5 milhões, entre indenização para cobrir prejuízos de 2020 (R$ 3.888.255,45) e compra antecipada de passagens (R$ 1.152.000,00) não pinguem na conta da Sogil a partir deste mês, só em caso de questionamento judicial – de algum cidadão, entidade ou Ministério Público, já que nenhuma apelação será feita pelos parlamentares.

    Explico.

    Na sexta, líderes de bancada se reuniram e resolveram autorizar a votação nesta terça do PL 26. A avaliação dos parlamentares é de que todo o legislativo está sofrendo o desgaste, principalmente no Grande Tribunal das Redes Sociais.

    O acordo libera cada vereador a votar como quiser, mas há garantia de que ninguém buscará barrar a votação ou questionar o resultado judicialmente.

    Assim, o PL deve ser aprovado com pelo menos 14 votos.

    Uma mensagem retificativa e emendas garantirão o congelamento das passagens, a duração dos efeitos da lei somente durante a pandemia e o parcelamento em 20 vezes, além de excluir do corpo do projeto o acordo firmado no Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (CEJUSC), que lista ações para reduzir o impacto da redução de passageiros pela pandemia e aplicativos tipo Uber.

    CLIQUE AQUI para ler a íntegra do projeto e a justificativa do prefeito.

    CLIQUE AQUI para ler a íntegra do acordo.

    Como acompanhar?

    A votação acontece no retorno das sessões híbridas, com parte dos vereadores no plenário e parte em modo remoto. A sessão pode ser acompanhada por meio da transmissão pelo YouTube.

    Por conta das diretrizes impostas pela bandeira vermelha, o acesso ao plenário permanece restrito a vereadores e servidores. O horário de início das sessões volta a ser às 17h, às terças e quintas-feiras.

    O Seguinte: foi a primeira mídia a tratar da polêmica. Detalhei tudo, em ordem cronológica, nos artigos Socorro da Prefeitura para Sogil chega a 5 milhões em Gravataí; ’Pauta-bomba’ está na CâmaraZaffa confirma congelamento de passagens em GravataíA pauta-bomba: Gravataí congela em 4,80 tarifa que custaria 7,22: ’É socorro ao transporte público, não à Sogil’Apareceu o primeiro Frankenstein para ’salvar’ Gravataí do subsídio milionário ao transporte público; É do PT!Socorro milionário ao transporte público de Gravataí: a responsabilidade dos vereadores e o sincericídio de Zaffa, A ‘pauta bomba’ de Gravataí: vereadores entre 5 milhões para transporte público ou tarifa de 6,30; Como foi audiência pública com Prefeitura e Sogil e ’Estou apanhando nas redes sociais, mas coube a mim enfrentar pautas ásperas’, diz Zaffa, prefeito de Gravataí, no Café com Acigra; Os 3 Poderes e o Ovo da Serpente.

    Ao fim, chego à votação com a mesma conclusão do último artigo.

    “...

    Estamos diante de uma ‘pauta-bomba’, impopular e inevitável. A aprovação do PL não deixa de ser uma institucionalização do subsídio ao transporte público em Gravataí, já que com uma pandemia que nunca termina, vacinação a conta gotas e um abre-e-fecha das atividades econômicas, será necessário socorro também em 2022.

    Toda luta “contra os poderosos” é sedutora. Não por gosto tenho avalizado o subsídio que, no imaginário, vai cair na conta ‘dos Sogil’, empresa cujos sócios estão entre os mais ricos da aldeia e tem executivos com altos salários, carrões e viagens internacionais.

    Mas, na realidade, é um dinheiro público para o público. Aquela gente que não tem como pagar R$ 6,33 de tarifa, ou, já sem fôlego com a pandemia, teria que gastar mais pelo VT de seus funcionários.

    Ninguém me convenceu do contrário, ainda.

    ...”

     

    Assista vídeo da Câmara sobre retorno das sessõe híbridas

     

    LEIA TAMBÉM

    Greve à vista em Gravataí e Cachoeirinha; Sanitária, por volta às aulas, e pelo bolso, por reforma da previdência

    Onde foi o dinheiro do socorro federal para Gravataí; O que ’CPI do Bolsonaro’ encontraria se investigasse

    Nunca tantos gravataienses morreram: março teve mais óbitos do que nascimentos; A virulência da COVID-19

    13 milhões para ampliar Emergência e UTI do Hospital de Gravataí: O guri Leo juntou 21,45 vendendo latinhas, nós, a quarta economia, não? A metafisica de Zaffa

    O jeitinho de Leite: Gravataí e Cachoeirinha vão para bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira

    Como um meme, Leite pintou o mapinha: Gravataí e Cachoeirinha em bandeira vermelha; 50 tons de alguma cor para volta às aulas

    Lockdown deu certo: Araraquara tem 2 dias sem mortes, Gravataí tem 5 a cada 24 horas; O efeito Páscoa e a UTI só em hospital militar

    6 meses para ’vacina municipal’: no conta gotas atual, 2 anos para imunizar Gravataí e Cachoeirinha

    • negócios
      Gravataí boa para investir: Prometeon aposta no agro e amplia produção local
      por Redação | Assessoria
    • negócios
      Magalu inaugura centro de distribuição de 400 empregos em Gravataí
      por Redação | Assessoria
    • política
      Resposta de Anabel ao Seguinte: parece de Bolsonaro contra Globo
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gestão de Anabel é desastre político no PDT de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      É fake news: o Jones de Gravataí vacinou, sim!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa quer dar vida a ’esqueletos’ de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereador de Gravataí doar salário é bom para escolas e ruim para política
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Gravataí e Cachoeirinha dizem ’não’ para o negacionismo homicida de Bolsonaro; A fumaça, a ex, o caçula e o assassínio curandeiro na Prevent Senior
      por Rafael Martinelli
    • política
      Como tirar o Centro de Gravataí dos anos 70; Uma charla farroupilha com Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chamou de ladrão, o Miki processa; O corrupto da mesa do lado
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí pode receber ’uma nova Emergência do Becker’ após calote milionário
      por Rafael Martinelli
    • política
      O fim das carroças e uma vida melhor para carroceiros de Gravataí; O açoite da verdade
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Como a GM vai ajudar até a lojinha do Zaffa em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Onde estarão políticos de Gravataí após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.