notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 27/10/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Foto ANDRÉA RÊGO BARROS | Fotos Públicas

    Gravataí e Cachoeirinha: como estão números da COVID na estreia do ’3 As’; UTIs seguem lotadas

    por Rafael Martinelli | Publicada em 15/05/2021 às 20h07| Atualizada em 28/05/2021 às 14h56

    O ‘3As’ começa a valer a partir deste domingo em Gravataí, Cachoeirinha e todo Rio Grande do Sul. O novo sistema estadual de monitoramento substitui o Distanciamento Controlado, como tratei em Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha. Tenham responsabilidade, prefeitos e povo: como mostra a ‘ideologia dos números’, a pandemia não terminou, UTIs estão ocupadas e pacientes ainda esperam leitos, apesar da melhora nos indicadores.

    Antes, vamos às informações.

    São dois níveis de regramento de cumprimento obrigatório – geral e por atividade – e um terceiro, específico por setor econômico, que poderá ser flexibilizado pelos municípios.

    – Estamos discutindo na Granpal (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre) um novo protocolo em conjunto – disse ao Seguinte: o secretário da Saúde de Gravataí, Régis Fonseca, na noite deste sábado.

    Por enquanto, seguem os protocolos do que chamo ‘bandeira rosa’, após a série de flexibilizações que começaram quando, por decreto, o governador Eduardo Leite transformou vermelho em preto, e tratei em artigos como Como um meme, Leite pintou o mapinha: Gravataí e Cachoeirinha em bandeira vermelha; 50 tons de alguma cor para volta às aulas e O jeitinho de Leite: Gravataí e Cachoeirinha vão para bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira.

    CLIQUE AQUI para ver as regras do sistema ‘3 As’.

    Agora, a ‘ideologia dos números’.

    A mudança acontece em um momento em que a ocupação de leitos na Região 10, à qual pertencem Gravataí e Cachoeirinha, tem uma taxa de ocupação de UTIs de 72%, 180.603 casos da COVID-19, 6.955 óbitos, taxa de mortalidade de 293.6 a cada 100 mil habitantes e apenas 11.1% da população vacinada com a primeira e segunda dose.

    Gravataí, com 20.935 casos e 716 vidas perdidas, está com seus 38 leitos ocupados e 6 pacientes excedentes, no Hospital de Campanha. As 10 UTIs também estão lotadas. Neste mês, Gravataí fechou 112 leitos pela redução da ocupação, como tratei em Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba.

    A boa notícia é que nos primeiros 15 dias de maio, a média diária é de 21 infectados e 2,7 óbitos.

    Para efeitos de comparação, em abril os casos eram diagnosticados em uma média de 76/dia e as mortes passavam das 5 por dia.

    Em março, pior mês da pandemia, as mortes chegaram a 6,5 a cada 24h.

    Os índices ainda são superiores a janeiro e fevereiro, que tinha média próxima a 2 vidas perdidas por dia.

    Ao fim, preocupa-me a previsão de Miguel Nicolelis, que alerta para uma terceira onda devido à vacinação a conta gotas e a chegada do ‘General Inverno’.

    O chamo ‘Nostradamus da pandemia’ por, ainda em janeiro, e sob críticas de ser alarmista, ter previsto a segunda onda, como tratei em O ’caminho da extinção’: Gravataí volta ter mais nascimentos que óbitos; O Nostradamus da pandemia e a profecia da terceira onda.

    É por isso que apelo por responsabilidade aos prefeitos que agora estão com o pincel de colorir mapa, e também ao povo, para que a falsa sensação de normalidade não nos leve à tragédia de março e ao triste ineditismo de termos mais mortes do que nascimentos, como detalhei em A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos.

    O sistema ‘3 As’ libera geral, do futebol ao lazer, passando pelo comércio. Vai, por exemplo, permitir shows em casas noturnas com até 300 pessoas, sem necessidade de autorização. Todos sentados, acreditemos.

    Torçamos – e colaboremos – para que o ‘3 As’ não ganhe mais um ‘A’, de aglomeração.

     

    LEIA TAMBÉM

    Com Supremo & tudo, Gravataí segue vacinação de professores sexta; A politicagem, o justo, Deus e a ciência

    Em 24h, Gravataí e Cachoeirinha garantem vacinas para professores; Justiça autoriza

    • política
      Oposição quer ’CPI do Miki’ em Cachoeirinha; Amizade ou relação promíscua, e as 648 horas sem provas
      por Rafael Martinelli
    • política
      O que mais preocupa Zaffa sobre pedágio em Gravataí; A 020 e os 5 pedidos ao governador
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores de Gravataí podem ter mesma reposição de 10 por cento do funcionalismo; Os mil a mais e o osso
      por Rafael Martinelli
    • política
      EXCLUSIVO | Miki será alvo de novo impeachment ou CPI em Cachoeirinha; ’Nunca vi denúncia tão bem formulada pelo MP’, diz advogado de vereadores
      por Rafael Martinelli
    • 23 de outubro
      141 anos de Gravataí: por que um prefeito ’trocou’ a data do aniversário para hoje
      por Redação
    • política
      Paulo Silveira e Beto, dois candidatos; A educação e a cura da sogra de Pedro
      por Rafael Martinelli
    • política
      EXCLUSIVO | Miki pede recondução à Prefeitura de Cachoeirinha; É absolutamente inocente, diz defesa ao pedir anulação de denúncias sobre ’mesadão do lixo’
      por Rafael Martinelli
    • aniversário
      Comemorar olhando para o futuro; O artigo de Zaffa nos 141 anos de Gravataí
      por Redação
    • política
      Marco Alba foi um bom gestor; Gravataí é excelência no Índice Firjan
      por Rafael Martinelli
    • política
      Já se fala em aumento de salário para vereadores de Gravataí; A fila do osso
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores Dila e Bino pedem mandatos na justiça por perseguição política do PDT de Gravataí; Anabel pressiona por expulsão
      por Rafael Martinelli
    • política
      O reflexo de Busato, do novo partidão do Brasil, na casa de Cláudio Ávila em Gravataí; Dimas, Odair do Acorda e o Retrato de Dorian Gray
      por Rafael Martinelli
    • política
      No que Zaffa lembra o ’Véio da Havan’; O prefeito de Gravataí e o mercador
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chefe da Guarda de Gravataí não pode ser ’segurança’ de pub que deveria fiscalizar
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool age como um Boca Aberta de Gravataí; Um vereador a cliques da perda do mandato
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.