OBRAS

Caos anunciado no ‘km da morte’ de Gravataí: Prefeitura e construtoras encaminham ações conjuntas para obras da nova elevada da ERS-118

A partir da segunda metade de dezembro, o trânsito na rótula de acesso a Gravataí, pela Avenida Centenário, será alterado, em função das obras de interseção da ERS-118 com o Distrito Industrial, sob responsabilidade do governo do Estado.

Na manhã de sexta-feira, 18, o secretário municipal de Serviços Urbanos (SMSU) Paulo Garcia e o engenheiro Cristiano Almeida, do Consórcio Nova 118 – Sultepa e Sogel, estiveram no trecho, encaminhando as principais providências, especialmente a remoção de postes de iluminação e o redirecionamento do tráfego, que passará sobre onde hoje está o canteiro junto à Cruz Missioneira.

O conjunto de obras, que inclui uma trincheira no acesso ao distrito e um viaduto com a Avenida Centenário ao longo da ERS-118, vai receber investimento em torno de R$ 33 milhões em recursos do Estado.

Com cerca de um quilômetro de extensão, a previsão de conclusão é para o final do próximo ano.

Hoje, o cruzamento é um dos pontos mais perigosos de Gravataí, principalmente para quem sai da cidade pela Centenário em direção à Freeway, tendo de cruzar a ERS-118, disputando espaço com veículos nos dois sentidos da rodovia. Nem mesmo a instalação de um redutor de velocidade, pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), próximo à entrada do distrito, reduziu os riscos de acidentes, que são constantes no local.

Segundo o secretário Paulo Garcia, caberá à Prefeitura o reposicionamento dos postes de iluminação pública, de competência do município, permitindo a redefinição do traçado da rodovia, e a mudança no canteiro da Cruz Missioneira.

– Essas mudanças são fundamentais para que as construtoras possam abrir novas frentes de trabalho, mas isso vai exigir um pouco de paciência dos usuários da rodovia, porque o trânsito ficará bastante conflagrado nesse trecho – reforça Paulo Garcia.

O secretário observa que a cidade ainda tem rotas alternativas, a partir de obras feitas pelo município, como a saída para a Freeway pela Estrada Acimar Silva ou pela Estrada do Gravatá:

– Para quem vai pegar a Freeway, saindo de Gravataí, seja para o Litoral ou para Porto Alegre, esses dois pontos são os mais indicados.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tua avó está presa

Prezada Ana Cristina. Vou iniciar essa carta dizendo o que deve ser dito. Tua avó Delfina Maria não está viajando para a Chapada Diamantina, como te informaram, até porque, se

Leia mais »

Receba nossa News

Publicidade