BLOG DO RODRIGO BECKER

CANOAS | Nedy: “não tenho paciência nem tempo para conchavos”; vice deixa o PP, mas sai atirando

Nedy de Vargas Marques, enquanto prefeito em exercício, tomando um caldo de cana no bairro Niterói. Foto: Arquivo

Carta de desfiliação está na mesa do presidente municipal, Marcos Daniel — mesmo não citado, o alvo das críticas do vice

Nedy de Vargas Marques não é mais do PP.

O vice entregou nesta terça-feira, 2, carta pedindo a desfiliação do partido. Ressalvas à ótima relação com a direção estadual e às bancadas estadual e federal, desancou críticas à condução da política no município.

Marcos Daniel, presidente municipal, é o alvo inequívoco — mesmo que Nedy, na conversa com o blog, não tenha citado o nome dele uma única vez.

“Não tenho mais paciência nem tempo para conchavos”, disse. “Só fazem política para ver se conseguem um lugar melhor para se sentar. Direção do PP em Canoas, infelizmente, não está preocupada com o diálogo”.

A queixa de Nedy faz sentido quando se observa os bastidores da política e a proximidade com a eleição. O PP, quando o vice estava no governo, apostava em levar Nedy às urnas em uma frente de oposição a Jairo Jorge. Com retorno do prefeito, as especulações correram soltas. E Marcos Daniel, que chegou a ser o secretário de Relações Institucionais de Nedy, abandonou o ex-chefe. Nas reuniões da oposição, já ofereceu o nome do vereador Jonas Dalagna para compor chapa como candidato a prefeito ou a vice em conversas vão do PL ao União Brasil, de Luiz Carlos Busato e recentíssimo candidato Germano Della Valentina.

LEIA TAMBÉM

CANOAS | Mudança no PRD: sai Sabin, entra Rafinha; o ‘cavalinho-de-pau’ que faz Márcio Freitas o prefeiturável da vez

CANOAS | Quando as ausências gritam alto: sem cardeais, lançamento de candidato do PL sugere espaço para nova virada de mesa

Para Nedy, a calamidade que pôs embaixo d’água metade da cidade exigia mais. “Não há um culpado no que houve, mas as respostas precisam ser dadas a altura. Infelizmente o partido em que eu estava não tem rumo”, comentou. “E sendo assim não tem lugar para qualquer um que pense de forma séria”.

Com a desfiliação, Nedy não concorre a nada em 2024. 

“É isso. Depois de tanto tempo na política, seis mandatos de vereador, um de deputado, vice-prefeito e depois do tempo que prestei serviços no comando da cidade, vou para esta eleição apenas como eleitor”, confirmou. 

E quem seria o ‘dono do voto’ de Nedy, por acaso?

“Vou escolher o que de melhor se oferecer à cidade”, despistou.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A beleza de escutar

Acho que já tinha esquecido de alguns sons. Não lembrava do barulho do saco plástico quando tiro o pão, do barulhinho das teclas do teclado do computador, até do ruído

Leia mais »

Receba nossa News

Publicidade