Lílian Schilling

Leia o texto e escolha a alternativa conveniente

Para fazer uma prova com tranquilidade e segurança, como se estuda? O que vale mais: qualidade ou quantidade? E se o resultado não for lá essas coisas, se abandona tudo? Há cobrança, culpa ou recomeço? Há descanso e lazer entre um estudo e outro ou não dá tempo porque o medo da concorrência é maior?

Agora pensemos nesses termos em relação à saúde: cuidado com a alimentação e o corpo o ano inteiro, consciência para fazer escolhas equilibradas que trazem satisfação, investigação realista de qual aspecto se deseja modificar primeiro, revisão da trajetória para os ajustes pertinentes. 

Todas as alternativas anteriores parecem mais sustentáveis do que uma corrida desesperada contra o fechamento dos portões da barriga assim ou assada para o verão e uma vida baseada entre ciclos de restrições e exageros recheados pela sensação de descontrole e fracasso. 

Mais permissão consciente e menos julgamento próprio e alheio. O ENEM e o verão estão aí, e a promessa de qualidade de vida vai ficar para o ano que vem? Não te atrasa para te candidatar a cuidar da saúde. A vaga é só tua e não ter a caneta na hora da prova pode custar bem caro!

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tua avó está presa

Prezada Ana Cristina. Vou iniciar essa carta dizendo o que deve ser dito. Tua avó Delfina Maria não está viajando para a Chapada Diamantina, como te informaram, até porque, se

Leia mais »

Receba nossa News

Publicidade